Aprenda a comprar e vender ações nos Estados Unidos

Nesse vídeo vou mostrar como funciona na pratica o processo de compra e venda de ações no mercado americano.

Veja como funciona as ações fracionadas na DriveWealth.

O novo aplicativo para celular da DriveWealth permite que os investidores comprem ações com base em certas quantidades de dólares e não apenas em função dos valores das ações. Os investimentos baseados no dólar permitem ao investidor adquirir qualquer título que deseje, independentemente do seu valor. Se você quiser investir 300 dólares na Amazon, atualmente negociada acima de 500 dólares por ação, isso é possível. Você receberá o valor fracionário de uma ação com base no montante de dólares investidos.

Colabore com o blog

Todo o conteúdo do blog é distribuído gratuitamente. Acredito que a informação deve ser democratizada, minha ideia ao criar o blog, foi acima de tudo, ser um instrumento para ajudar o pequeno investidor a conhecer e compartilhar informações sobre a bolsa de valores e o mundo dos negócios. Por isso sempre estou a produzir conteúdos relevantes ao tema, trazendo vídeos e artigos atualizados.

joker

Se você gosta do blog, se você já aprendeu algo por aqui, se você se identifica de alguma forma com o nosso trabalho realizado aqui e quiser demonstrar isso através de uma colaboração, utilize um dos botões na lateral do site para realizar uma doação única. Nós deixaremos nosso muito obrigado a você no nosso Papo de Dividendo. Já pagou seu dizimo esse mês? “Há quem dê generosamente, e vê aumentar suas riquezas; outros retêm o que deveriam dar, e caem na pobreza.” (Provérbios 11:24)

O vídeo

Além disso mostro como funciona a questão dos lotos nos Estados Unidos, entre outras coisas, confira abaixo um passo a passo de como comprar e vender uma ação no mercado americano pela DriveWealth:

 

 

Não invista na bolsa de valores como um sócio torcedor

Logo_Socio_TorcedorAo longo do tempo aqui no blog fui questionado diversas vezes sobre qual empresa investir, se deve ou não abrir posição em determinada empresa. Não entendo a dificuldade do pessoal em escolher, pra mim o mais difícil é saber o momento certo de sair de uma empresa. Isso sim é difícil de identificar.

Porque sair de um posição é tão difícil?

Porque, é um atestado que o investidor recebe de que errou. E muitos não conseguem lidar com o fato de terem errado. Muitas pessoas simplesmente não conseguem parar, e assumir que cometeram um erro.

Alguns casos a culpa não é da analise inicial, as vezes são coisas que ocorrem na qual o investidor não tem como prever, ou mesmo até a empresa não tem como controlar. Isso faz parte do jogo, até porque ninguém tem bola de cristal pra prever o futuro. Nesses casos não há o que se fazer a não ser diversificar.

O que torna o mundo dos investimentos tão atraente pra mim é justamente essa mistura de felling, números e um bocado de emoção. Essa ultima então é uma das chaves do sucesso ou fracasso de um investidor de longo prazo.

Quando você olha em volta e não vê nenhum idiota, é porque o idiota é você

O mais legal é que não adianta dizer: se você é daquele que não reconhece seus erros bla bla… porque essa limitação acaba cegando o indivíduo, acho que a frase acima pode elucidar um pouco o que quero dizer.

Vamos resumir, se você tem empresas na sua carteira, que você carrega mesmo sabendo que elas não estão mais retornando o que você esperava quando entrou. Então você é esse indivíduo. Se você não se enquadra nesse perfil então apenas vire essa pagina.

Daí vamos para o segundo estagio, que pode ser mais crônico que o primeiro. Nessa fase o investidor começa a torcer para que a empresa volte aos fundamentos anteriores. Aqui é onde mora o perigo, quem ainda não entrou nesse estagio consegue se livra da tralha muito mais fácil porque o sócio torcedor ainda não tomou conta.

Quando você começa na torcida pela empresa. É aí que a coisa complica, porque você passa a não ser mais racional, e não consegue enxergar mais os defeitos, seu foco fica todo na esperança de que a empresa vá melhorar. Algumas até melhoram, mas isso é muito raro. De modo geral passam-se os anos e a empresa nunca mais volta aos patamares que você comprou.

Como sei que uma empresa se tornou ruim ?

Essa é a grande pergunta. O ideal seria o investidor identificar isso antes do mercado. Mas é algo muito difícil, raramente você terá uma oportunidade de se antecipar ao mercado.

Existem alguns indicadores que utilizo pra identificar o momento de sair da empresa, talvez numa outra oportunidade faço um tópico ao estilo Os indicadores que uso para analisar empresas porém mostrando como sair. Hoje a ideia é primeiro conscientizar o pessoal sobre essa questão do sócio torcedor.

Algumas vezes você vai olhar os indicadores, outras você vai fazer uma analise do mercado e montar perspectives econômicas sobre a empresa e em outros momentos a empresa vai deixar de ser interessante por não se enquadrar mais no perfil da sua carteira de ativos.

Porque o sócio torcedor perde muito dinheiro

Vou mostrar a vocês na pratica, porque é muito idiotice ficar segurando posição numa empresa que não oferece mais retornos que você esperava.

Muitos acham, que estarão perdendo dinheiro se vender aquela empresa que caiu X%. O que eles na verdade não percebem é justamente o contrario. Que estão perdendo dinheiro com ela na carteira.

Vamos trabalhar primeiro com um exemplo hipotético depois vou colocar casos reais pelos quais passei.

Investidor A e investidor B compram no mesmo dia um lote de 10 ações da empresa X por 10 reais.

Passado 1 ano as ações perdem 30% do valor e o investidor A resolve virar sócio torcedor e continua na empresa, já o investidor B resolve que a empresa não vai retornar o esperado e vende aquelas ações da empresa X e investe os 7 reais na empresa Y.

Passados 10 anos a cotação da empresa X volta ao preço de compra do investidor A enquanto isso a empresa Y teve uma valorização de 300% desde a compra.

Moral da história:

  • o investidor A termina com os 10 reais inicias, e perde 10 anos da sua vide esperando o empatar o investimento.
  • o investidor B termina com 21 reais

O investidor B que não é sócio torcedor, entendeu que se ele transferir o dinheiro para a empresa B ele não estará em “prejuízo” desde que essa empresa B cresça como cresceu no ultimo ano.

Ele apenas transferiu o capital para outra empresa, ficou com uma quantidade menor de ações, porém a empresa nova cresceu muito mais que a antiga. Quem ficou no prejuízo na verdade foi o investidor A que na sua torcida e no medo de assumir os erros não saiu da posição.

Até hoje não consigo entender a barreira psicológica que existe quando o investidor precisa de apenas pegar aquele dinheiro que está na empresa X e passar para a empresa Y e deixar a vida seguir seu rumo.

Na prática

Vou mostrar agora algumas empresa que eu saí e como elas estão hoje, a grande maioria das empresas que vendi até hoje boa parte estavam no prejuízo, algumas até tinha algum lucro mais não via perspectivas, por isso vendi. Peguei algumas aleatórias na minha lista. A variação abaixo não é o meu prejuízo, mas sim o quanto eu teria perdido se ficasse na empresa.

  • CCR

Venda em 3T14: R$ 19,84

Preço atual: R$ 13,86

Variação: -31,59%

Lucro caiu nesse período de 1.350 bilhões para 787 milhões.

Motivo: Política econômica do governo obrigando os reajustes do pedágio abaixo da inflação. Alto risco de não renovação da concessão de uma das principais rodovias da empresa. Elevado endividamento. Veja mais aqui.

Comentário: Veja que nem sempre você consegue identificar o motivo de sair de uma empresa por conta dos fundamentos, apesar de ter identificado um alto endividamento e os juros que vem correndo o caixa da empresa o motivo maior foi mais por uma perspectiva macro do que os números em si. Nesse caso em especifico consegui identificar a deterioração dos fundamentos da empresa antes do mercado. Se antecipar ao mercado é excelente, mas nem sempre temos essa oportunidade.

  • Paraná banco

Venda em 1T15: R$ 11,31

Preço atual: R$ 9,10

Variação: -20,87%

Motivo: Aquisição da Cardinal, empresa colombiana que não vinha apresentando bons resultados, entendi como uma aquisição de alto risco optei por sair da empresa. Além dela ter dificuldades em encontrar crescimento dentro do mercado.

Comentário: enquanto bancos concorrentes e maiores entregavam altos resultados o PRBC por ser menor deveria entregar um crescimento ainda maior, pelo menos esse foi meu objetivo entrando na empresa, como não estava sendo cumprido o propósito optei por sair. Sobre a Cardinal ainda é cedo para avaliar se tomei a decisão certa.

  • Vale

Venda 1T15: R$ 18,30

Preço atual: R$ 12,80

Variação: -25,1%

Motivo: Má administração, empresa fez aquisições a esmo e não investiu onde deveria investir. Sem perspectivas para o preço do minério de ferro no longo prazo.

Comentário: Quase um ano depois fica mais claro que o mineiro de ferro tão cedo vai voltar aos patamares de glória, a menos que exista outra china nessas próximos anos. Além disso tomei a postura de retirar da minha carteira todas as empresas cíclicas, só restando a ultima sobrevivente que é a Chevron.

  • HSBC

Venda 1T15: U$ 45,51

Preço atual: U$ 29,86

Variação: -33,44%

Motivo: Processos por conta de casos de corrupção ligados a operações do banco. Má administração e case de negócio muito complexo.

Comentários: Acharam que os problemas seriam só na bolsa brasileira? Pois na bolsa americana também temos empresas problemáticas. O HSBC foi uma posição que abri logo no começo da minha carteira no exterior, entendi que os lucros do banco estariam muito pressionados no curto prazo por conta dos processos que ele vinha sofrendo, porém também entendi que o banco iria enfrentar enormes dificuldades de crescimento no médio prazo, principalmente por sua carteira ter forte correlação com a Asia que não vem enfrentando um momento muito bom. Tanto que os lucros do banco em 2015 foi de 59 bilhões de dólares uma queda expressiva frente ao lucro de 74 bilhões realizado em 2014. Mais uma na qual consegui me antecipar à tragédia, porém essa é uma daquelas situações que citei no começo do artigo, não tem como você prever os casos de corrupção do HSBC.

Conclusão

Se quiser alcançar a independência financeira, precisa entender que nessa longa caminhada é inevitável que cometerá erros. Isso não é ruim. O ruim é não reconhece-los, e pior, não tentar corrigi-los.

Não fique pensando em segurar posição na empresa X, porque não consegue assumir o fato de que levou prejuízo, ou porque realmente acredita que a empresa irá dar a volta por cima. Como vimos acima, enquanto estiver com esse pensamento estará deixando de crescer sua carteira de forma expressiva e prejudicará a saúde da sua carteira.

Se a empresa piorou, tente entender o porque ficou ruim, localize o motivo. Aprenda com isso, e use de lição para as próximas posições. Se tem muitas empresas nesse barco, reavalie seus planos, objetivos e a maneira que tem selecionado as empresas provavelmente algo deve estar errado no seu método de investimento.

Investir no longo prazo pode ter um lado emocional mais complicado do que parece. Sucesso nos seus investimento e até a próxima!

 

Colabore com o blog

Todo o conteúdo do blog é distribuído gratuitamente. Acredito que a informação deve ser democratizada, minha ideia ao criar o blog, foi acima de tudo, ser um instrumento para ajudar o pequeno investidor a conhecer e compartilhar informações sobre a bolsa de valores e o mundo dos negócios. Por isso sempre estou a produzir conteúdos relevantes ao tema, trazendo vídeos e artigos atualizados.

joker

Se você gosta do blog, se você já aprendeu algo por aqui, se você se identifica de alguma forma com o nosso trabalho realizado aqui e quiser demonstrar isso através de uma colaboração, utilize um dos botões na lateral do site para realizar uma doação única. Nós deixaremos nosso muito obrigado a você no nosso Papo de Dividendo.


Papo de Dividendo #6: CVX – BABA – AMZN – LXK – VLKAY – ARO

Papo de dividendo dessa semana vai falar sobre:

– Chevron colocando o bloco a venda
– Alibaba abrir IPO da Ant
– Amazon concorrendo contra Netflix
– Lexmark foi vendida
– Volks fecha acordo com justiça
– Carta de falência entregue pela Aeropostale

Colabore com o blog

Todo o conteúdo do blog é distribuído gratuitamente. Acredito que a informação deve ser democratizada, minha ideia ao criar o blog, foi acima de tudo, ser um instrumento para ajudar o pequeno investidor a conhecer e compartilhar informações sobre a bolsa de valores e o mundo dos negócios. Por isso sempre estou a produzir conteúdos relevantes ao tema, trazendo vídeos e artigos atualizados.

joker

Se você gosta do blog, se você já aprendeu algo por aqui, se você se identifica de alguma forma com o nosso trabalho realizado aqui e quiser demonstrar isso através de uma colaboração, utilize um dos botões na lateral do site para realizar uma doação única. Nós deixaremos nosso muito obrigado a você no nosso Papo de Dividendo. Já pagou seu dizimo esse mês? “Há quem dê generosamente, e vê aumentar suas riquezas; outros retêm o que deveriam dar, e caem na pobreza.” (Provérbios 11:24)



Você pode assinar o Feed do Podcast ali do lado ou utilizando esse link, é muito pratico e simples.

Viver de Dividendo Papo de Dividendo #6: CVX - BABA - AMZN - LXK - VLKAY - ARO
Like
0 plays
0 likes

 

NYSE: Compras Abril 2016 – OHI

essex2-540x272Dando sequencia na minha montagem da carteira de REIT, agora adquiri mais um REIT de crescimento de dividendos. Pra quem ainda não sabe como analisar um REIT esse artigo introdutório pode lhe ajudar. Você também pode acompanhar os nossos posts sobre o assunto nessa tag.

Lembrando ao pessoal que a promoção do mês passado continua valendo pra esse mês, onde a DriveWealth pagava um bônus de $25 para aqueles que fizessem um deposito superior a $250. Veja aqui como abrir uma conta numa corretora americana e comece a investir agora mesmo em ações de grandes empresas americanas. Veja aqui sobre a promoção e sobre a parceria do blog com a DriveWealth.

cc0e50e0-7167-41c5-9862-cfe422a3a5ab

Pare de se preocupar com o preço da ação! Com o recurso de comprar ações fracionadas na DriveWealth, você pode investir a quantidade que você dispões em Ações, ETFs ou ADRs que a DriveWealth oferece.

Você irá receber $25 dólares quando fizer um deposito de $250 ou mais na sua conta!

Minha estrategia inicial para os REITs é a mesma adotada nas ações de empresas americanas, montar uma carteira bem diversificada, e depois a medida que os balanços forem sendo publicados vou reavaliando as minha posições. Claro aproveitando oportunidades pontuais para aportar no mercado, pois o mercado de REITs é um pouco diferente do mercado de ações, veja esse vídeo para entender um pouco melhor.

Compra de Abril de 2016 na bolsa de Nova York
Empresa Código Qtde
Omega Healthcare Investor Inc OHI  19

Já atualizei a minha carteira com essa nova aquisição.

Omega Healthcare Investor Inc – OHI

Eu já fiz uma analise recente em janeiro desse ano do OHI você pode conferir aqui neste post. Não vou ficar repetindo a analise até porque não tem muito o que acrescentar nesse período, deem uma olhada no link para conferir em mais detalhes o case de negócio do OHI. Entretanto vale destacar alguns pontos ditos antes.

O setor de saúde no USA está sendo muito castigado pelo mercado, atualmente só perdem para o setor de hotéis e resorts no post de janeiro tem uma tabela com um resumo dos setores, vale a pena dar uma olhada lá antes. Claro o mercado não vai marcar um setor atoa, os riscos no setor de saúde americano estão elevadíssimos, alguns pontos importantes merecem destaque.

Os USA gasta boa parte da sua arrecadação em impostos em saúde, muitos falam que isso seria insustentável no longo prazo. Boa parte desses recursos são direcionadas para programas como medicare ou melhor conhecido como Obamacare esse imagem abaixo pode economizar muitas palavras.

medicare-obamacare

Como o governo vem jogando dinheiro nos asilos aumentando assim a demanda, acaba aumento e muito a oferta também. Uma coisa puxa a outra. Portanto a grande maioria dos REITs de saúde hoje são de asilos, alguns com cuidadores como enfermeiras outros sem essas opções, mas todos são asilos pra ficar mais fácil de entendermos.

Portanto um setor que era conhecido por ser de baixo risco e de receita estáveis, está tendo seu equilíbrio balançado por conta da forte influencia do governo. Não estou dizendo que isso seja bom ou ruim, isso só o tempo vai dizer, mas o fato é que o mercado está cobrando esse risco e cobrando alto.

Se acompanhar a grande maioria dos REITs de saúde estão tendo retornos negativos no mercado, alem do lance do excesso de oferta, da ingerência do governo, tem se agravado pelo fato de que algumas empresas de gerenciamento de asilos tem sofrido processos e mais processos de abuso e manipulação contra os velhinhos, já falei sobre esses rolos no nosso Papo de Dividendos.

Mesmo com todos os problemas acho válido ter um espaço na carteira pro setor, entendo que esses contratempos são temporário e até pode se agravar no curto prazo. Nesse caso o que o investidor deve fazer é começar uma posição pequena e depois ir subindo aos poucos. É isso que tenho feito.

Quem me acompanha a mais tempo por aqui, sabe minha posição sobre o preço das ações, porém em REIT eu acredito que o preço de aquisição tenha certa relevância, não que seria algo obrigatório, mas desejável que o REIT esteja num preço atraente.

Podemos falar sobre essa diferença das ações para os REITs num futuro post. Por exemplo tenho evitado aportar no setor de Self Storage apesar de encontrar excelentes REITs lá, mas eles estão muito sobrevalorizado, na verdade o setor é a modinha do momento. Em se tratando de REITs isso pode ser um fator complicativo no longo prazo. Os imóveis são cíclicos portanto tem que entender seus ciclos.

Sobrevalorização é algo  que não estamos vendo no setor de saúde, esse está indo na contramão. As vezes essas são as oportunidades que aparecem para os investidores. No longo prazo se a pessoa fizer a interpretação correta do momento pode obter bons retornos. Mas como disse sempre com moderação, não é pra ninguém sair colocando 80% da carteira no setor porque o risco é alto, começa com algo pequeno e vai subindo a medida que ele for melhorando.

Uma alternativa para equilibrar a carteira na parte de saúde é analisar alguns outros REITs de saúde que não tenham forte dependência de receitas em asilos, claro o REIT tem que ter bom fundamento e boa governança. Alguns estão no radar mas nada concluído ainda. A grande maioria do setor tem muitas vezes mais de 50% de receitas proveniente de asilos e colocar dois REITs com essa mesma característica na carteira acho muito arriscado.

Se descobrir alguma coisas boa, você irão ficar sabendo por aqui :)

A ideia do post não foi falar especificamente do OHI porque já fiz isso no post de janeiro, mas aproveitei pra dar mais uma esplanada sobre o setor de saúde, tem mais uns detalhes em mente, fica pra próxima compra.