Como medir o Giro de Caixa de uma empresa

cashflowDepois de uma longa caminhada de 1 mês estudando sobre maneiras de medir a eficiência de uma empresa, vamos apresentar a cereja do bolo que é o Giro de Caixa de uma empresa. Antes de prosseguirmos, se você caiu de balão nesse artigo é uma exigência que veja esses outros 3 artigos para poder calcular o Giro de Caixa, basta clicar nos links abaixo:

  1. Prazo para recebimento das vendas
  2. Giro de estoque
  3. Prazo para pagamento das compras

Para chegarmos no calculo do Giro de Caixa precisaremos de obter o Ciclo Financeiro da empresa.

Ciclo Financeiro

O ciclo financeiro é usado para medir o tempo que leva para que os recursos da empresa sejam transformados em caixa. Este indicador analisa o giro de estoque, o prazo para empresa receber seus vendas e o prazo para pagar os fornecedores.

A empresa faz uma compra com o fornecedor, o que resulta num lançamento no contas a pagar. Quando a empresa vende esses produtos aos clientes, resulta num lançamento no contas a receber. Assim o Ciclo Financeiro mede o tempo entre o desembolso do dinheiro e a recuperação no caixa.

A formula é basicamente uma junção dos indicadores de eficiência que temos visto até agora:

CCC = DIO + DSO – DPO

Onde DIO representa o giro de estoque, DSO representa o prazo para receber as vendas e DPO o prazo para pagar os fornecedores.

capitaldegiro

O Ciclo Financeiro apesar de poder ser calculado para qualquer empresa tem uma importância muito maior nas empresas de varejo ou similares, pois de modo geral as operações consistem em compra e venda de estoque já em algumas outras empresas como financeiras, de software ou seguros esse indicador não se encaixa muito bem.

É preciso levar em conta que apesar de um indicador muito bom não se aplica a qualquer empresa, mas nas de varejo que você for analisar sempre vale a pena dar uma olhada.

Você pode encontrar algumas empresas que apresentam Ciclo Financeiro negativo, um caso clássico é a Amazon, geralmente varejistas on-line conseguem receber as vendas antes de pagar os fornecedores, se conseguirem fazer isso por longo período de tempo tende a levar com que o Ciclo Financeiro dessas empresas fique negativo.

wmt ccc

Giro de Caixa

Você deve estar se perguntando: Mas afinal de contas como achar o Giro de Caixa?

Para calcularmos o Giro de Caixa precisamos de pegar o numero de dias no ano e dividir pelo Ciclo Financeiro, veja a formula:

GC = 365 / CCC

Vamos pegar um exemplo da Coca-Cola que teve em 2014 um Ciclo Financeiro de 61,08 assim ao dividirmos ele por 365 teremos: 5,98. Podemos concluir que a KO consegue Girar o seu Caixa quase 6 vezes no ano.

Vamos pegar um outro exemplo que seria o Wall-Mart que teve um Ciclo Financeiro de 12,14 assim jogando na formula, teremos: 30,07. Podemos concluir que o WMT consegue girar o seu caixa 30 vezes no ano.

“Quer dizer então que o Wall-Mart é mais eficiente que a Coca-Cola ?”

Não. Porque não são empresas do mesmo setor, então não podemos comparar uma com a outra, mas são apenas dois exemplos isolados de poderes diferentes na geração de caixa. Cada setor tem as suas nuanças então é muito importante que essa comparação seja feita em concorrentes próximos.

É um indicador muito útil para aqueles que desejam estabelecer uma comparação entre os concorrentes próximos de uma determinada empresa, quanto mais baixo o Ciclo Financeiro significa que a empresa é bem gerida, e portando deve ser usado para ajudar na avaliação de potenciais investimentos.

Conforme vimos nos outros indicadores de eficiência, o ideal é comparar o histórico dos dados, uma vez que um ano isolado não diz absolutamente nada. Assim ao compararmos vários períodos desse indicador devemos fazer essas comparação com a maior base possível de concorrentes, para termos uma boa visão se a empresa está tendo sucesso ou falhando na gestão do seu negocio.

Conclusão

Com o Giro de Caixa além de avaliarmos a eficiência da empresa podemos medir a sua saúde financeira. Ao combinar essas relações de atividade, indica a capacidade da gestão para empregar ativos de curto prazo e passivos para geração de caixa da empresa.

Chegamos ao final da nossa serie de estudos dedicados a analisar a eficiência das empresas, temos aí muito indicadores nesse sentido, coloquei aqui nesses artigos os que me interessam, claro se você se interessou em melhorar suas análise pode se aprofundar em diversos outros indicadores que apontam a eficiência na gestão do negócio.

Espero que esses artigos tenham sido um instrumento pra aperfeiçoarem seus conhecimentos sobre a analise de empresa e agora é focarmos nos estudos de REITs.

 

Receber novidades por e-mail

Gostou do blog? Então se inscreva no campo abaixo para receber as atualizações via e-mail e curta nossa pagina no Facebook.

2 thoughts on “Como medir o Giro de Caixa de uma empresa

  • 9 February 2016 at 16:31
    Permalink

    VdD,

    Excelente os 4 artigos sobre eficiência operacional, muito claros e concisos!!

    Frequento a Bastter há uns 2 anos e aprendi bastante coisa lá. Só que sou da área da saúde e não estou totalmente familiarizado quando a coisa começa a aprofundar na análise, como nesses 4 artigos. O que quero dizer é que o que você ensina aqui está em linha com o que venho aprendendo lá, ou seja, consegue mostrar os indicadores e deduções sobre eles de forma que um leigo na área contábil pode aprender e utilizar sem dar nó na cabeça.

    Gostaria até de saber se as fontes que você buscou para esses 4 artigos vêm de livros contábeis e você os simplificou para tornar a exposição mais didática ou se já tirou das fontes com essa clareza.

    Meus parabéns. Obrigado pela iniciativa de disponibilizar educação dessa qualidade. Espero que não pare.

    Grande abraço, bom carnaval!

    Reply
    • 9 February 2016 at 17:56
      Permalink

      Olá Marcus

      Obrigado pela força. Só de vc estar pesquisando sobre eles já pode ter certeza que está um passo a frente da grande maioria dos investidores que só sabem olhar dois indicadores DY e P/L tanto que são os que mais bato aqui no blog. Esses indicadores são a parte avançada da analise e vão lhe ajudar a identificar aqueles empresas excepcionais das boas empresas.

      Bem esses indicadores vc vai pegando quando for escutando os webcast, geralmente os CEOs ou CFOs falam alguns desses termos e muitos outros, ou mesmo o pessoal dos bancos que faz as perguntas, daí vc vai anotando e pesquisando sobre eles. Tem um indicador tipo esses próprio para medir a eficiência em empresas de serviço, ainda não tive tempo de fazer um post a respeito.

      Reply

Deixe o seu comentário: