10 thoughts on “Papo de Dividendo: DIS – CP – UGPA3 – RADL3

  • 6 April 2016 at 03:20
    Permalink

    Olá!
    Você falou muito bem da RADL, mas porque não tem essa empresa na sua carteira?

    Reply
    • 6 April 2016 at 04:02
      Permalink

      Olá elbio

      Já tenho muita empresa de consumo. Ficaria muito exposto no setor.

      Reply
  • 25 February 2016 at 08:26
    Permalink

    Creio que no mercado de farmacias, o lucro tende a aumentar em momento de recessao. Sabe como eh que neh? desemprego gera depressao e tome vendas de medicamentos.

    Reply
    • 25 February 2016 at 08:47
      Permalink

      Olá Cleber

      Cara o desemprego está feio. No futebol de quarta metade da turma está desempregada o número de jogadores caiu de 39 pra pouco mais de 14 pessoal não conseguiu pagar nem a mensalidade do futebol. O cara fica desempregado sem futebol aí da parafuso na cabeça mesmo

      Reply
  • 23 February 2016 at 03:58
    Permalink

    RADL3 tem entregado resultados excelentes… parece que seus concorrentes estão indo bem mal ..

    Reply
    • 23 February 2016 at 05:08
      Permalink

      nadando de braçada pra cima da concorrência

      Reply
  • 23 February 2016 at 01:12
    Permalink

    Hey VD, você sabe me dizer se essa abertura de capital da Raia no mercado norte americano aumenta o número de ações em circulação ou se permanece o mesmo? E se possível, você poderia fazer um vídeo com análise de bancos? A maior parte da minha carteira está em Raia e Itaú, então quero entender os negócios de ambas com maior profundidade.
    Parabéns por mais um vídeo de qualidade, e um abraço ^^

    Reply
    • 23 February 2016 at 05:04
      Permalink

      na verdade eu falei errado não seria abertura de capital

      mas lançamento de ADR na bolsa de NYSE

      sinceramente nao sei ao certo se eles lançariam novas ações, o que seria ruim pois diluiria os acionistas, bem isso é algo que seria interessante perguntar ao pessoal de RI deles

      Reply
  • 22 February 2016 at 18:46
    Permalink

    Prezado VD,

    Parabéns pelo post.

    Gosto bastante das suas análises.

    Em relação à UGPA3, eu sei que é uma empresa bem diversificada, porém, a principal fonte de receita dela são os postos Ipiranga. Dentro deste segmento de combustíveis a principal fonte de receita vem dos combustíveis fósseis.

    Em um dos posts anteriores vc postou sobre a Tesla e como ela está ajudando a revolucionar o setor que deve mudar bastante nos próximos anos.

    Como vc enxerga essa questão de a UGPA3, apesar de ser uma excelente empresa e bem diversificada, mas ter a sua principal fonte de receita vinda dos combustíveis fósseis em contraponto com a chegada em peso dos carros elétricos no médio/longo prazo? Ainda mais sabendo que as pessoas poderão abastecer em casa ou em pontos gratuitos como os oferecidos pela Tesla, isso significa que não daria para pensarmos que os Postos Ipiranga vão apenas substituir as suas bombas de gasolina por “bombas de eletricidade”.
    Vc não acha isso um pouco preocupante p/ a UGPA3 e que essa tendência que vai substituir os combustíveis convecionais pode destroçar a empresa?

    Um abraço

    Reply
    • 22 February 2016 at 20:12
      Permalink

      Olá Carlos

      a tesla é uma empresa inovadora fantástica, mas infelizmente ainda não está fazendo lucro, eu sigo acompanhando ela e gosto muito da postura do Elon Musk mas enfim cara não acho que vale a pena se preocupar com isso agora é tudo muito prematuro ainda tem muita, mas muita agua pra rolar até que os carros elétricos tomem mercado, então é uma situação que não me preocupa nem agora nem nesses próximos anos

      apesar de ser um fã da tesla nem acho que ela seria a melhor opção nessa área a longo prazo, vamos ver quando o google e apple entrarem com forca nos carros elétricos aí sim os motores vão começar a esquentar kkk

      Reply

Deixe o seu comentário: