Receita e despesas: Julho 2015

spendAcompanho a minha receita e despesas mensais desde que iniciei o blog pois quero mostrar a maioria dos investidores que é possível alcançar a independência financeira trabalhando duro mesmo sem fazer um monte de dinheiro. A ideia é mostrar toda a caminhada rumo a independência financeira os bons momentos e também as dificuldades enfrentadas durante todo o processo.

Como já tinha comentado no mês anterior estava esperando um baque nos meus aportes por conta do conserto do motor da minha moto e até aqui estava tudo sobre controle. O que não contava era a enxurrada de despesas não recorrentes no mês, tudo coisa boba mas que não tinham como ser evitadas e eram necessárias.

Eu fiquei tentando imaginar um mês ruim esse ano, mas esse de Julho não serviu porque ele é muito ruim. O pior é que pode não ser o único no ano, preciso de fazer umas compras esse ano no mais tardar no inicio do ano que vem, estou precisando de um iPhone novo e um Macbook pois uso ambos muito no trabalho e os que tenho já estão pedindo arrego, além disso o note pessoal da família já vai fazer 5 anos e não está aguentando mais.

Geralmente vou no Paraguai comprar essas bugingangas mas todas as vezes que vou lá acabo estourando o possível e impossível no orçamento, não posso ver nada de tecnologia que acabo comprando. Dessa vez capaz de tentar ir com um primo, talvez sem as mulheres consigamos gastar menos.

Vamos aos destaques:

  • Alimentação: pra minha completa surpresa estamos conseguindo manter os gastos com alimentação dentro da faixa de 1500, parte disso motivado pelo fato de que não estamos jantando fora nos finais de semana, é preciso esperar a minha filha completar 3 meses para poder sair com ela a lugares com ar condicionado, gasta-se mais numa ponta mas pelo menos economiza-se na outra.
  • Não recorrentes: Como disse foram muitos não recorrentes, como estão espalhados em várias categorias de despesas, ficaria muito longo falar de cada uma delas aqui então vai de cabeça, que me lembro foi a revisão obrigatória do carro na Hyundai isso deu 228.
    Meu plano de saúde teve um aumento de 50 reais mensais foi um não recorrente no mês mas já passa a ser recorrente também. Pra variar eu e minha esposa ficamos doentes juntos, pegamos uma bactéria que infeccionou a garganta, foi aí com remédio e vacinas 68.
    Consertamos as duas portas de ferro na frente da casa somando o custo da mão de obra do serralheiro com as fechaduras novas deu um gasto de 341.Com a bebe tivemos a compra de um carrinho, havia cocarrinho-liberty-rosamprado um pela internet mas veio muito ruim pedi a devolução do produto e ao receber o estorno na conta fui numa loja local pra comprar, chegando na loja achamos por sorte um carrinho da marca Dardara,  como a fabrica não irá mais produzir carrinhos de criança o mesmo estava na promoção, ou seja um carrinho de 1200 pagamos 600 no dinheiro (sim a vendedora não quis fazer o mesmo valor no debito) e até que é bom o carrinho quem tiver na intenção de comprar recomendo, veja foto ao lado.

    Além do carrinho tivemos uma vacina que teve que ser aplicada num posto particular pois tinha efeitos bem menores que a publica ou seja 220.De cabeça aí temos nada mais nada menos que 1507 reais sem contar outras coisas menores e ainda não contei que minha esposa deixou o iPhone dela cair dentro do vaso, ou seja um gasto com novo telefone, mas esse pelo menos ainda vai ficar pro próximo mês.

  • Automóvel: Tive que desembolsar 8500 num motor novo pra minha Triumph Daytona 675R, pra quem gosta de moto e conhece essa marca, sabe que moto inglesa não é nada barato ainda mais com o esse dólar de hoje. Mas é algo que tinha que fazer, já tinha procrastinado isso por muito tempo. Não vou mais andar de moto como antes e como pretendia vender não podia passar ela para outra pessoa sabendo que o motor está com problemas, enfim eu gosto de sejam honesto comigo por isso procuro ser o mais honesto possível com os outros.

    Como foi um gasto que vai ser reposto quando a moto for vendida eu resolvi não contabiliza-lo nos relatórios, declarei ele como gasto da empresa assim sendo, quando vender a moto parte do motor volta pro caixa da empresa e outra parte vai pra conta pessoal. Se somar esse gasto com o motor tive um gasto total de 16.805 de longe o maior gasto do ano. Esse não recorrente gigante acabou impactando negativamente na minha capacidade de aportes, determino uma meta de caixa na empresa e pra  não comprometer o caixa dela optei por fazer o aporte mínimo, mês que vem retomamos os aportes com força se tudo der certo.

gastos julho

Acima o gráfico gerado pelo YNAB as categorias de despesas são detalhadas na tabela a seguir sendo a ordem de baixo pra cima do gráfico.

Esse mês eu consegui investir quase 3k em ações, isso equivaleu a mais de 22,37% da minha renda mensal, péssima taxa de poupança e espero que não se repita esse ano novamente.

Veja abaixo um resumo do meu orçamento nesse mês e acompanhe os outros meses:

Receitas
Descrição Valor
Lucro empresa  11.984,38
Dividendos  619,61
Total  12.603,99
Despesas
Descrição Valor
Alimentação
1.368,29
Automóvel
 2.170,27
Casa
2.653,44
Compras diversas
0,00
Despesas gerais
2.515,08
Utilidades
1.035,71
Total
 8.305,60

Entenda como é o meu plano de contas.

Utilizo o método do YNAB para controlar minhas finanças pessoais, veja neste post aqui onde explico mais sobre o método.

6 thoughts on “Receita e despesas: Julho 2015

  • 4 August 2015 at 14:33
    Permalink

    VD, desculpa minha curiosidade, mas eu vejo que você gasta um bom dinheiro com automóvel e imóvel, porque? São bens financiados? Um abraço. Rafael

    Reply
    • 4 August 2015 at 19:59
      Permalink

      olá Rafael

      eu comentei sobre isso nesse post de janeiro de 2014, da uma olhada.

      Reply
  • 3 August 2015 at 22:51
    Permalink

    Se quiser o Mac e o celular dos EUA me fala. Posso mandar para voce por um bom preco.

    Reply
    • 4 August 2015 at 06:52
      Permalink

      Olá Cleber

      Valeu, mas é que eu acabo comprando outras coisas também quando vou lá.

      Reply
  • 2 August 2015 at 15:22
    Permalink

    Não quero nem pensar em ter que arrumar um motor de uma Triumph… Eu também vou vender minha moto, com os filhos pequenos não sobre tempo para gastar o bem.

    Reply
    • 2 August 2015 at 19:44
      Permalink

      Olá SF

      To na mesma situação que vc sobre filhos vs moto.

      Reply

Deixe o seu comentário: