Recuperar a taxa de poupança – Gastos e receitas: Jan 20

4
564

Nesse mês vamos falar sobre como conseguimos recuperar a taxa de poupança para os níveis dos 50% voltando a viver com metade do que ganhamos. Os desafios para esse ano de 2020 estão lançados, esse ano será de economia, evitaremos os gastos supérfluos que tivemos em 2019 e focaremos na reconstrução da nossa reserva de emergência.

Vamos apresentar nosso orçamento doméstico desse mês de dezembro e mostrarei os principais gastos para a viagem a New York. Também tivemos uma redução grande no nosso patrimônio que saiu de mais de 1 milhão para pouco mais de 800 mil Reais.

Vamos mostrar nesse post um resumo dos nossos gastos e receitas deste mês. Fazemos isso pois entendemos que os aportes são fundamentais para a chegar na Independência Financeira.

A idéia com isso não foi só orientar, no sentido de mostrar o caminho, mas servir de motivação. Tenho certeza que muitos aqui quando chegaram nesse canal, tinham a vida financeira bagunçada.

Observando a maneira como eu trato isso, foram ajustando os seus controles também. É esse tipo de mudança que nós queremos fazer.

Receitas

Companys é a receita proveniente das empresas de capital fechado. Nessas empresas listadas dentro do Company, algumas sou sócio outras sou único dono.

  • As empresas nas quais sou sócio distribuíram: 6k em dividendos.
  • As empresas na qual sou único acionista distribuíram: 20k em dividendos.

Outras receitas são receitas diversas que não se enquadram em lucro de empresas, pequenos projetos independentes.

Dividendos são as receitas recebidas na bolsa de valores das empresas de capital aberto.

Poupança são receitas de juros sobre valores colocados na poupança.

Tivemos uma boa recuperação na nossa receita de janeiro, se no mês anterior a queda foi de -18% esse mês tivemos um aumento de +36% batendo próximo dos 50k em receita pessoal.

Comparando com o ano anterior tivemos um aumento de +22% sobre janeiro de 2019 que apresentou uma receita de 40k.

Taxa de poupança do mês: +52,2%

Voltamos a recuperar com força nossa taxa de poupança, depois do péssimo resultado do mês anterior, colocamos os pés nos freios e conseguimos voltar a gastar metade do que ganhamos.

Net Wort, grosso modo, nada mais é do quanto você tem em capital ao longo do tempo considera-se saldos de conta, investimentos e dívidas. No meu caso não possuo dívida alguma, nem de carro, nem de casa, estou absolutamente líquido.

Mês passado tínhamos 902k esse mês fechamos nosso patrimônio em 926k ou seja tivemos um aumento de 24k no patrimônio.

Lembrando que até novembro de 2019 nosso patrimônio estava acima de 1 milhão, mas por conta da compra de um terreno para nova sede da empresa tivemos que desembolsar dinheiro, relembre no vídeo explicando porque tive que vender meus FII.

Nesse mês também tivemos o gasto de 31,5k que tive que desembolsar para juntar no montante de compra do terreno. Para não bagunçar meu controle optei por tirar do relatório acima, mas para não ficar constando o terreno no meu patrimônio tive que sair com esse valor como débito. Esses 31,5k não estão computados no relatório acima.

Despesas – Resumo

Nossas despesas apesar de ficar em torno de 50% da nossa renda, ainda ficaram bem altas e boa parte disso foi por conta do nosso processo de visto que precisaremos de renovar.

Tivemos um aumento nos gastos com a residência em R$300 isso por conta das taxas de condomínio do outro imóvel que estávamos, os alemães são muito lentos para fazer cobranças, porque não fecharam tudo que devíamos 🥵 quando saímos.

Os destaques positivos foram os gastos pessoais que mês passado ficaram altíssimos por conta da viagem a Nova York, já esse mês tiveram boas quedas.

Eu havia gasto 2,2k em dez/19 esse mês ficou com R$216. A Laura que tinha batido 1,3k esse mês ficou com R$50. A Tatiane que tinha chego na casa dos 2,5k mês passado, esse mês 👏 não gastou nada.

Quando temos que economizar nos não medimos esforços, se tiver que puxar o padrão de vida pra baixo vamos fazer.

Vamos precisar de dar uma segurada pelo menos até o meio do ano, quando acaba todo nosso processo de visto e também quando, provavelmente, estaremos iniciando a parte mais pesada de construção do prédio para a nova sede da empresa.

Às vezes as coisas acontecem tudo ao mesmo tempo e não temos como controlar isso. Por exemplo, a própria aquisição do terreno e construção da nova sede, o ideal não era fazer isso agora, porém surgiu uma baita oportunidade de conseguir um bom terreno a um preço acessível, não podíamos perder a economia de mais de 250k nesse negócio.

Aí acaba que isso tudo afeta a rotina da família de alguma forma, talvez você esteja passando por algo parecido no seu lar, essas situações de mudanças sempre geram um desconforto e stress.

O importante deixar os motivos bem claros, que quando você chega numa situação na qual a família precisa de sacrificar-se para o bem de um objetivo maior.

Fiz uma reunião com a Tatiane e mostrei os gastos do ano passado e como perdemos a mão em algumas coisas, mostrei que esse ano precisaríamos de dar uma segurada por conta das situações descritas acima, e ela entendeu super bem. Quando você deixa os motivos bem claros o stress tende a diminuir.

Mas mesmo assim novas coisas acabam acontecendo e você precisa de lidar com isso, se privar não é fácil, mas é preciso as vezes.

Em março o Joffrey vai vir na minha casa ficar uns dias, queríamos ir com ele em alguns países juntos, mas essa nossa fase não permitiria esse luxo.

Não sei quando ele vai voltar aqui novamente, pode ser uma oportunidade única, eu poderia muito bem apertar aqui e ali, e tentar comprar uma passagem para viajarmos juntos, mas não vou fazer doideira. Já decidimos que quando ele estiver conosco, vamos priorizar com passeios mais locais, algo que consigamos ir e vir no mesmo dia, para não gastarmos com hotel e elevar o custo.

Não recorrentes

Esperava que os não recorrentes não me castigassem tanto quando fizeram esse mês, mas não teve muito como fugir. Eles tentaram atrapalhar nossa tentativa de recuperar a taxa de poupança, mas não conseguiram.

Eles saíram de 11k no mês passado, para 10k nesse mês, uma modesta queda de 1k.

O vilão desse mês ficou com três despesas. A de visto que foi responsável por 4,8k.

Em seguida com 1,2k tivemos a tradutora, havíamos contratado uma tradutora para ajudarmos a encontrar uma nova casa em Düsseldorf, a mesma que havia nos ajudado na primeira casa em Duisburg. Ocorre que esses serviço dela ao invés de me passar quando ela executou, ela foi me enviar isso esse mês de janeiro, quase que 9 meses depois, como eu disse… esses alemães são muito lentos com cobrança.

Eu prefiro pagar logo no ato o que eu devo, porque depois a conta pode vir numa hora que você não esperava, principalmente se você tiver liquidado toda a sua 🤦‍♂️ reserva de emergência.

Além dessa bomba da tradutora, tivemos a renovação do seguro, geralmente com a reserva monstruosa que tinha isso não faria muito efeito no meu caixa, porém agora sem reserva esses não recorrentes chegam a ser agonizantes. O seguro ficou em 3,7k uma boa queda -16% sobre os 4,3k do ano passado.

De positivo tivemos os gastos com viagens que mês passado ficaram em 6,8k e esse mês zeraram e ficaram assim por alguns meses.

Conclusão

Começamos o ano com uma boa taxa de poupança, algo em torno dos 50% é um objetivo que temos para recuperar nossa reserva de emergência esse ano.

Estava com planos de comprar alguns móveis para terminar nossas mobílias, mas acho que esses planos terão que esperar.

Nossa receita anual está em 49k e nossas despesas em 23k.

Viver de Cristo

Estamos fazendo um estudo escatológico no blog Viver de Cristo. Nessa fase inicial estamos analisando as alianças bíblicas.

As vezes você acha que os acontecimentos descritos no Apocalipse vai demorar a acontecer, mas a aliança Davídica diz que é preciso de restaurar Israel como nação para que esse processo se inicie.

Aí você olha pra trás e vê que Israel finalmente foi restaurado como nação depois de séculos e séculos. Então não iluda-se achando que falta muito para o desenrolar dos acontecimento futuros.

No último post falamos sobre as implicações escatológicas da Nova Aliança de Deus com Israel. É o último artigo sobre o tema alianças, depois disso entraremos nas professais da presente era.

Nesse primeiro momento, estamos falando sobre alianças de Deus com os homens.

Já falamos sobre a aliança com Abraão que foi o pontapé inicial de tudo, e como essa aliança tem sua importância no contexto do que estará por vir.

Depois comentamos sobre a aliança Palestina que confirma e amplia a aliança com Abraão a respeito da Terra.

Depois falamos sobre a aliança davídica e como ele pode impactar os acontecimento futuros.

Esse fase dos estudos, apenas de serem meio técnicos, são essenciais para compreendermos os acontecimentos futuros dos nossos dias. Isso porque o que estamos vivendo e o que virá nada mais são do que reflexos dos acontecimentos passados.

O blog Viver de Cristo é um verdadeiro quebra cabeça. Estamos juntando as peças e daqui alguns anos, quando tivermos chegando nos dias atuais, você verá como tudo está interligado desde os tempos passados e entenderão o que virá a seguir.

4 COMMENTS

  1. Fala viver,

    Cara, o CDB de liquidez diária vc acha com liquidez imediata. Em 5 min eu consigo resgatar e fazer TED para outra conta. Lógico que pra R.E a rentabilidade não importa tanto, mas entre não render nada e render alguma coisa, msm com juros baixo do momento, prefiro a 2a opção.

    • a ideia é essa mesmo, acho que algo acima de 1 dia já pode ser complicado dependendo da situação

      agora cada caso deve ser analisado ponto a ponto

      aqui onde moro usamos seguro saúde q funciona vc paga o hospital e depois recebe o reembolso, agora imagina vc sangrando na maca do hospital ter que pegar o celular, e fazer todo esse tramite pra resgatar um CDB, certamente vai morrer no meio do caminho :( aqui reserva de emergencia tem que ficar até liquido na conta, boa parte das pessoas aqui fazem isso, aqui não tem juros então vc deixar investido numa RF ou parado na conta dá no mesmo.

  2. Viver,

    Se bem entendi, voce nao investe em renda fixa, porém você tem sim reserva de emergencia. Correto?
    Você deixa essa reserva em cash mesmo, em conta corrente?

    Att.
    Alexandre.

    • ola AA

      reserva é reserva não é investimento, não quero ter retorno sobre ele, quero que ele esteja lá disponível o mais rápido possível para usar só isso.

      no caso do artigo eu usei mais q a minha reserva eu usei até o patrimônio q tinha em acoes

      mas acho q respondendo sua duvida eu não coloco reserva em rf, no máximo fica ali estacionado numa poupança isso pra não deixar parado na conta.

      pega o exemplo do mestre, acho q não disse isso no video, mas ele ficou no sufoco porque tinha um monte de dinheiro em reserva preso em RF ai tinha uns q demoravam alguns dias para resgatar, o cara queria o dinheiro no outro dia, então essas coisas acontecem rápido vc não pode deixar a grana presa

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here