Papo de Dividendo: CL – VLKAY – TM – CAJ – UTX – HCM – MKT – SBPH

Nessa semana tivemos:

  • Corte de empregos
  • Carros autônomos japoneses, será que sai ?
  • Empresas de viagem espacial
  • Aquisições no Japão
  • Mega contrato com a aeronáutica americana
  • Nova seção de IPO com 3 empresas estreantes na bolsa

Enquanto isso o Aecio do PSDB (vulgo PT com perfume) segue fazendo sua oposição ao PeTralhas

giphy

 

 

 

 

Papo de Dividendo: WEGE3 – TSLA – GPS – DLR

No papo dessa semana vamos falar sobre:

  • Veja o que deve-se olhar em resultados de empresas como a WEG e vamos passar um pente fino no balanço do 4 tri.
  • Highlight do resultado da GPS a marca de roupas conhecida mundialmente como GAP
  • Saiba o que Elon Musk disse no twitter
  • Surpresa que o REIT da Digital Realty Trust – DLR deu nos cotistas.

 

 

 

Papo de Dividendos: CIEL3

Bem se você é acionista ou pretende ser acionista da CIELO é mandatório dar uma olhada no vídeo abaixo. Essa semana rolou altas tretas com o balanço do 4 trimestre da Cielo aproveitamos a deixa pra colocar além dos problemas atuais alguns pontos importantes que devem ser levados na analise de case de negócio da empresa.

Ainda estava na pauta inicial falar sobre Canadian Pacific e Walt Disney, mas a Cielo acabou tomando todo o tempo. Se der, semana que vem agente fala sobre esses dois.

Deem uma olhada no vídeo e se tiver algo a acrescentar ou corrigir utilize os comentários abaixo:

 

Papo de viver de dividendos – MANH – GOOGL – COP

Carnaval decidi não viajar aproveitando resolvi trabalhar todos os dias, inclusive no domingão… Entre codificação e outra resolvi parar pra fazer um vídeo pra desintoxicar a mente do trabalho, para aqueles que não viajaram vamos bater um papo de dividendos, nesse vídeo curto falamos sobre as novidades no mercado americano dessa semana, dentre tantas notícias meu destaque vai para:

  • Um resumo do ultimo resultado da Manhattan Associaties MANH.
  • Google se torna a empresa mais valiosa do mundo.
  • Conoco Philips corta dividendos depois de 25 anos de pagamentos crescentes.