Mais um escândalo no Wells Fargo – WFC – News

noticias bolsa de valores

O Wells Fargo está envolvido em mais um escândalo, dessa vez liberou erroneamente dados financeiros de mais de 50.000 clientes mais ricos, não basta-se o ano passado o escândalo das contas falsas, lembre aqui porque vendi a ação onde falo também sobre esse caso.

Os dados continham planilhas, incluindo nome dos clientes, números de Seguridade Social e participações de investimento, foram inadvertidamente enviados para um advogado envolvido em uam ação de difamação contra um funcionário do banco.

Esse ultimo desastre pode não chegar no nível do anterior que custou ao banco $500 milhões em multas, remediações, consultorias e litígios, mas também questiona a capacidade do banco de gerencias sua equipe e informações. Nessas horas que durmo tranquilo sabendo que me desfiz das ações da WFC.

 

 

Fraqueza do dólar

Com o dólar mais fraco o Euro atinge a máxima dos 23 meses, pesando sobre o balanço dos exportadores europeus. Só na semana passada o dólar caiu 1,4% e no mês fecha com 1,7% de queda.

De acordo com a CMC Capital Markets de Londres o dólar mais fraco deve ser tendência, dado os crescimento mais fraco da economia americana e a incerteza politica.

Sanções Russas

O congresso americano aprovou o conjunto de sanções radicais contra a Rússia como punição por interferência na eleição, envolvimento na Síria e na anexação da Crimea.

Enquanto isso a União Europeia poderia retaliar contra as sanções dos USA na Rússia, preocupada com potenciais danos às ofertas energéticas europeias. Qualquer retaliação significativa exigiria o apoio dos 28 governos da UE e poderia enfrentar resistência de membros como Reino Unido e Hungria.

Só sei que passar o inverno na Alemanha sem o gás Russo não vai rolar para mim.

FMI reduz previsões de crescimento para os USA

O órgão reduziu suas previsões para esse ano, em sua última reunião o FMI havia reduzido a previsão de PIB norte-americano em 2017 para 2,1% em relação a 2,3% e para 2018 2,1% em relação a 2,5%, refletindo principalmente o pressuposto de que a politica fiscal será menos expansionista frente ao previsto anteriormente.

Espera-se que o abrandamento dos USA e UK seja compensado por uma perspectiva de melhora no crescimento na maior parte da zona do Euro e do Japão. A china continua a crescer 6,7% em 2017 e 6,4% em 2018.

Amazon apresenta documentos para aprovação da compra da WFM

Já havíamos comentado aqui antes que a Amazon anunciou a aquisição da rede de mercearias Whole Foods (WFM), ontem eles apresentaram aos reguladores antitruste os documentos para aprovação da aquisição.

Os reguladores e o congresso americano pediram uma revisão aprofundada sobre a compra, levantando questões de qual impacto teríamos no e-commercer e no varejo de supermercados, mas acredita-se que uma combinação de AMZN-WFM não teria participação dominante no mercado de mercearias.

 

[jetpack_subscription_form show_subscribers_total=0 title=”Receber novidades por e-mail” subscribe_text=”Gostou do blog? Então se inscreva no campo abaixo para receber as atualizações via e-mail e curta nossa pagina no Facebook.” subscribe_button=”Inscrever!”]