Entenda o transporte público na Alemanha – Imigração #19

Vamos falar sobre o transporte público na Alemanha. Explicaremos como funciona a estrutura de transporte para aqui, os custos dos tickets e os tipos que existem. Também passaremos algumas dicas para adquirir o melhor tipo de ticket de acordo com a sua necessidade de trafego.

Link para acessar o configurador de passagens da VRR: Webservice

Mapas de transporte da região Rhein-Ruhr

Clique nas imagens para abrir em tamanho maior.

Abaixo o mapa da cidade de Düsseldorf, aqui contempla apenas o transporte publico da cidade.

Abaixo o mapa dos trens que circulam no estado, aqui nesse mapa não estão incluídos Metros, VLTs e Ônibus são apenas os trens regionais que eu citei no vídeo, é bem diferente do mapa acima.

 

Quer ajuda sobre imigração para Europa, consulte esse post.

Serie imigração

Estamos trazendo atualizações sobre nosso processo de imigração para Alemanha, conheça um pouco mais sobre como essa história começou aqui em Viver de Dividendos na Alemanha. Quando se toma a iniciativa de imigrar para algum país, precisa de um bom planejamento e determinação.

Tivemos que nos privar de algumas coisas por lá para chegar até aqui. Abaixo vamos colocar um breve resumo dos acontecimentos até o momento deste post.

Começamos a preparar a alguns anos e desde então temos caminhando para alcançar esse nosso objetivo. Tudo começou no Brasil em 2014 onde tivemos que estruturar todo nosso modo de vida por lá. Não só na vida pessoal como também na minha empresa que continuo tocando os negócios a partir daqui da Europa.

No inicio de 2016 aplicamos para o Canada que foi nossa primeira opção de imigração, tivemos nosso visto negado, simplesmente sem motivos óbvios já que tínhamos todos os requisitos.

Ficamos completamente arrasados por não conseguir o visto para o Canadá já que estávamos bem confiantes. Hoje vejo que foi a melhor coisa que me aconteceu, estou muito feliz aqui na Europa e não sei como não cogitei antes em vir para o velho mundo antes de pensar no Canada.

A partir daí começamos a procurar alternativas e encontramos várias aqui na Europa e algumas na Asia como Austrália e Nova Zelândia. Optamos pela Europa por diversos fatores, talvez um dia aborde isso aqui.

No meado de 2016 começamos o Stage 2 onde iriamos para Irlanda passar alguns meses aprimorando o inglês.

Chegamos no final de 2016 e desbloqueamos ao Stage 3 que é a fase na qual vamos começar o processo de visto para a Alemanha, ocorre que tivemos um problema no visto e não conseguimos aplicar da forma que estávamos programando.

Voltamos para o Brasil no inicio de 2017 retornando ao Stage 1 completamente arrasados novamente. Poderíamos ter pensado em desistir mais uma vez, mas persistimos colocamos a cabeça no lugar e traçamos novos planos.

Voltamos a estaca zero, em seguida resolvemos ativar o plano B que era Portugal, esse seria nosso novo Stage 1.

Já tinha uma empresa aberta em Portugal, mas optamos por outro visto mais simples, resolvemos aplicar para o visto de Portugal no qual começo a falar nesse vídeo.

Com a autorização para residência pré emitida no Brasil, viemos para Portugal no meado do ano de 2017, por lá passamos em Lisboa alguns dias para resolver alguns detalhes da empresa, depois fomos para Figueira da Foz cidade onde apliquei para residência.

A residência saiu em Julho de 2017 e a conclusão do Stage 1 então deixamos Portugal em background e começamos o processo de visto para Alemanha.

Inscrição feita na faculdade em Agosto de 2017 ainda quando estávamos em Portugal, aqui iniciava o Stage 2. Viemos para Alemanha assim que a faculdade autorizou a matricula, no mês seguinte em Setembro desembarcamos em Düsseldorf para morar em Duisburg.

Falamos aqui de como foi difícil conseguir achar um imóvel. Aqui falamos sobre os problemas que tivemos para montar alguns moveis da nossa casa.

7 thoughts on “Entenda o transporte público na Alemanha – Imigração #19

  • 9 February 2018 at 19:19
    Permalink

    Olá VdD, td bem ?

    Gostei do vídeo. Boas dicas para quem viajar por aí.

    Em 2016, durante as olimpíadas, estive na Alemanha, mais precisamente em Munique. Durante os dias que passei lá, percebi que o esquema do metrô é semelhante ao explicado por vc no vídeo. Lá, pelo que entendi, quanto mais a estação era afastada do centro, o preço da tarifa era maior. Achei isso bem interessante e justo, pois se vc fosse pegar o metrô apenas para andar duas ou três estações vc pagaria um valor menor.

    Outro ponto interessante que observei, foi a honestidade das pessoas que compravam os tickets nas máquinas e dirigiam-se à plataforma. Nada impediria que elas entrassem no vagão sem pagar, pois não há catracas. Mas a grande maioria, pelo que pude observar, pagava a tarifa. É claro que dentro dos vagões eventualmente circulam fiscais, mas não são em todos. Observando essas cenas em Munique e em outras cidades europeias que visitei é que chego a triste constatação que no Brasil estamos engatinhando no quesito educação. Infelizmente …

    Mais uma vez, parabéns pelo conteúdo do blog.
    Um abraço !

    Reply
    • 9 February 2018 at 23:22
      Permalink

      entao Elopes34 essa questão da educação aí no Brasil vc muda fácil, com uma geração vc transforma o país, veja na época do império ou menos mais recente na época dos militares a questão de respeito e educação era muito maior.

      vc pega as escolas militarizadas q temos no brasil e veja como os alunos se comportam por lá… disciplina primeiro depois vc cria essa consciência coletiva como tem aqui na Alemanha, agora ocorre que sem punição não se tem disciplina, a diferença que aqui na Alemanha não tem alivio, se tu vacilou vai pagar aí no Brasil sempre tem o jeitinho, eu mesmo me pego as vezes tentando resolver as coisas ala brasil (aquela história agente sai do brasil mas o brasil não sai da gente), enfim acho que é algo que precisamos melhorar sim e concordo com vc que estamos engatinhando nessa questão

      Reply
    • 9 February 2018 at 23:27
      Permalink

      olha vou te dar um outro exemplo de como as coisas mudam rápido, quando viajei no Japão o japonês tem a disciplina de só atravessar a faixa com o sinal aberto para o pedestre, as vezes eles ficam lá paradão um tempão e mesmo não tendo carro vindo eles aguardam, eu quando cheguei lá sabia disso e mesmo assim não ficava lá parado, acabava atravessando quando não vinha carro, que é algo comum a se fazer aí no Brasil.

      ocorre que depois de um tempo lá, eu comecei a perceber que mesmo sem me tocar eu tava ficando parado no sinal igual eles, alguns poderiam dizer que foi meu subconsciente que estava me disciplinando talvez por vergonha inconscientemente de ser o único a fazer algo fora do padrão, ou talvez os hábitos e costumes deles estavam me influenciando só sei que custei a voltar a atravessar a rua mesmo com o sinal fechado kkkkk mas é um ponto pra reforçar que os bons exemplos quando executados em massa podem sim influenciar positivamente ou negativamente o cidadão.

      Reply
      • 10 February 2018 at 00:28
        Permalink

        Concordo com vc.

        Esse caso que vc comentou do Japão, guardadas as devidas proporções, é bem parecido com o que vemos no metrô do RJ. As pessoas no metrô não tem o mesmo comportamento destrutivo e pouco educado que costumam ter nos ônibus ou trens (de forma geral).

        Talvez a vergonha inconsciente de se portar inadequadamente faça com que o padrão de comportamento seja alterado.

        Abraços !

        P.S.: Não sei se vc conhece Munique. Se não conhecer, vale muito à pena ir com sua família. Pegar um trem, dar uma esticada em Dachau (um dos campos de concentração mais famosos) e depois ir até Salzburgo (uma linda cidade) na Áustria.

        Reply
        • 10 February 2018 at 10:13
          Permalink

          ser humano é um bicho complicado, as vezes o cidadão morando perto com a possibilidade de ir em alguns lugares acaba não visitando, mas se tivesse longe ficaria morrendo de vontade de ir

          to querendo visitar uns pontos turísticos aqui na Alemanha, mas fico pensando assim: entre ir ali em Munique que é a Alemanha e ir pra X ou Y que é outro país vc deixa a Alemanha pra frente porque é mais fácil de ir, vou depois outro mês e nisso vc nunca visita as redondezas

          a grama do vizinho é sempre mais verde kkkkk

          Reply
  • 9 February 2018 at 00:57
    Permalink

    Não há ticket semanal? esse seria ideal para turistas ou quem vai a negócios por alguns dias !!

    Reply
    • 9 February 2018 at 08:52
      Permalink

      fala SP

      tem uns pacotes de tickets q vc compra 4, 7 e 14 passagens de uma vez, sai mais barato que comprar avulsa, mas não é ilimitado igual o mensal, os alemães são meio queixo duro nas coisas kkkk ou é por mês ou tu compra avulso, por exemplo quando cheguei era meio do mês tive q comprar um mês pra usar 15 dias, foi até o caso que minha esposa foi surpreendida no mês seguinte pelo fiscal, nesse ponto é meio ruim esse esquema.

      Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *