Três fases de uma empresa na bolsa

13
351

Todas empresas na bolsa possuem um ciclo de vida. Você verá basicamente três fases dentro de empresas na bolsa de crescimento de dividendos: crescimento inicial, maturidade e declínio. Entender essas três etapas e saber idêntifica-las em uma empresa de crescimento de dividendos é fundamental para que evite muitos problemas durante a construção da sua carteira.

A fase inicial de crescimento dos dividendos os primeiros pagamentos são baixos em proporção aos ganhos. A empresa geralmente distribui um baixo Payout o que leva a ter pequenos rendimentos de Yields no início.

A pequena distribuição, no entanto, cria um ambiente que permite a empresa levantar os dividendos acima das taxas médias de crescimento até atingir o pico sustentável do Payout.

É fácil identificar quando uma empresa está distribuindo um dividendo que não se sustenta no longo prazo. Olha-se o crescimento das suas receitas e veja o quanto ela tem crescido dos dividendos.

Vamos pegar o exemplo da Visa – V ela começou a pagar dividendos em 2008, eles pagaram um dividendo anual de 10 centavos por ação. Em comparação com o LPA que em 2009 foi de 1,29 daria um rendimento de 0,64% na época. A empresa paga hoje $0,96 sobre um LPA de $4,84 isso permite que a empresa cresça os dividendos a uma taxa de dois dígitos pela próxima década.

Depois que a empresa iniciou sua politica de dividendos e pagou as distribuições por vários anos, chega uma hora que ela atinge seu alvo de Payout. Desse momento pra frente, a ascensão das distribuições da empresa é limitada pela sua capacidade de crescimento das receitas e lucros.

Antes de prosseguirmos, vale ressaltar que só porque algumas empresas na bolsa tem uma politica madura de dividendos, não significa que não está crescendo. Existem dezenas de empresas consideradas como reis dos dividendos, consulte uma lista completa aqui, que estão crescendo os ganhos nos seus negócios e distribuindo em forma de dividendos pilhas crescentes de fluxo de caixa em excesso aos acionistas.

Empresas que chegam nessa maturidade de crescimento dos dividendos, tendem a estabelecer-se na sua industria chave e geralmente veremos um ou dois nichos de negócios específicos em seu case. É muito comum elas diversificarem sua receitas em outros ramos, buscar novas formas de crescimento.

Um exemplo de empresas maduras, podemos citar a própria Colgate Palmolive, falei sobre ela no post de dividendos dessa semana. A Colgate vem crescendo os dividendos por 55 anos consecutivos. A empresa está pagando um dividendo de $1,69 sobre um LPA de $2,68.

Por fim, temos as empresas em declínios, essas empresas muitas vezes se vêem na situação de ter que cortar ou congelar os dividendos a fim de preservar o dinheiro.

Durante a crise de 2008 vimos diversas empresas que tiveram que cortar os dividendos para economizar caixa. As vezes a empresa corta os dividendos e vai a falência como foi o caso do Lehman Brothers, enquanto outros, como General Electric – GE ou Pfizer – PFE apenas continuará má. Em geral, empresas em fase de declínio podem facilmente voltar à fase inicial da sua maturidade, um vez que seu negócio continuará a girar.

Então porque é importante conhecer essas fases ?

É importante se você planeja Viver de Dividendos na sua aposentadoria. Em geral, as empresas que tendem a aumentar de forma mais agressiva os dividendos, elevando-os acima da suas taxas de crescimento de lucros, podem fazê-los até que suas taxas de Payout cheguem a níveis razoáveis.

Enquanto essas empresas tem um crescimento médio moderado de seus dividendos, seus yields são geralmente baixos, mas fique atento pois o crescimento dos dividendos não são necessariamente um reflexo dos crescimentos dos lucros.

Depois disso terão que limitar o crescimento de seus dividendos ao crescimento da receita da empresa. Em geral, tendem a adquirir empresas ou entrar em novos ramos quando chegam no estágio de maturidade nos crescimentos de dividendos.

Montar carteira com Fase 1 ou Fase 2?

Não precisamos nem de cogitar uma carteira com fase 3 porque ninguém quer esse tipo de empresa no portfólio. Eu daqui já consigo escutar o cérebro de muitos leitores pensando: Eu vou montar uma carteira só com ações em fase 1. E outros: Eu vou montar uma carteira só com ações em fase2.

Como eu sei que as pessoas tem dificuldade em entender o que significa: buscar equilíbrio. Resolvi responder se seria melhor montar um carteira com Fase1 ou Fase2 ?

Procure equilibrar as duas classes de ações na sua carteira. 

Normalmente as pessoas tendem a ser polarizadas, especialmente os brasileiros que são mestre nisso, e eu me incluo. Apesar dessa nossa tendência, devemos analisar buscando um equilíbrio entre os dois universos.

Por isso no Ex-Dividend nos temos uma carteira de Blue Chips e outra de Small Caps para você poder combinar essas duas classes de ativos.

13 COMMENTS

  1. Vdd, vicente guimaraes (youtuber) fez um video sobre dividendos crescentes, sera ele um adepto da filosofia? https://m.youtube.com/watch?v=-gx7wjPF4ls
    Interessante esse video, nunca tinha visto mais nenhum br falar sobre dividendos crescente, so falam de dividendos, sem ser crescente necessariamente
    Interessante no video ele fala sobre payout crescente ou nao e etc

    • que eu me lembro acima de 10 anos era so abev, a economia brasileira é muito volátil manter um crescimento constante de dividendos aqui não é tarefa pra bom administrador mas pra magico

  2. Fala vdd..
    Ja tive varias visoes diferentes de metodologia de investimento, e atualmente, apos reflexoes, decidi investir majoritariamente na renda variável (renda fixa sendo mais uma reserva, para segurança, liquidez etc) porem, tenho uma teoria muito doida de investir em low beta stocks/reits (ou ações e fiis no br tambem), que seriam ativos que tivessem pouca correlação com a variacao da economia (ou S&P 500), que de certa forma sao mais resilientes e oscilam pouco (tanto para cima quanto para baixo, o grafico parece uma rampa mais ou menos), dessa maneira qualquer crise que viesse eu estaria protegido, mesmo se o S&P caisse 50%, eu estando com ativos beta em media 0,4 essa queda na crise seria so de 20%, e se minha carteira fosse no total 25% renda fixa (etf de mutli tesouros internacionais de paises desenvolvidos, pq o tesouro br é podrao), eu teria uma quedra de apenas 15% na carteira total (os 25% de rf iam permanecer constante, e os 75% de renda variavel iam cair para apenas 60%), bem aceitavel. Os setores com mais resiliencia, ou beta baixo, sao energia /saneamento, agua e lixo / consumer staples (colgate, p&g, target etc…) / consumer duraveis (sherwin, clorox) / saude / seguros /vicios(cigarros, fast food, snack) / loja de roupa de departamento / comida e restaurantes populares/medios, marcas fortes e ate engenharia e industria de alta qualidade.. ja na ponta oposta temos artigos de luxo, bancario, por exemplo..
    So q tem empresas de setores iguais com betas muito diferentes obviamente..
    O que eu achei meio engracado foi que o mcdonalds teve uma leve queda no auge da crise, em outubro de 2008, mas logo sps ja aumentou as vendas (em vez de ir no japa com a esposa teve que ir no mc msm kkkk)
    Enfim, oq acha disso tu e aonde sera que eu posso achar mais informacoes ou listas de low beta stocks.. Ps : sou assinante do xd

    • Quando vc entender os ciclos do mercado vc não vai ficar mais preocupado com esse tipo de coisa. Você precisa de definir qual o seu objetivo na bolsa, você quer ser um investidor de que investe em empresa de dividendos ? Se sim, me responda o que importa quando vc estiver aposentado e recebendo esses dividendos se SP cair 80% mas seus dividendos continuarem subindo ?

      sugiro dar uma lida nisso

      • Acho que peguei a ideia do que vc quis dizer, o importante é a renda recorrente ne.
        Mas quando voce fala em crescimento de dividendos voce diz :
        a = lucro líquido
        b = payout
        d = dividendos

        a x b = d
        aonde esse “d” é constantemente crescente, ou seja, mesmo que o lucro naquele trimestre nao seja bom eles reajustam o payout para tal? Ou talvez ate nao tendo lucro suficiente no periodo tirando capital ate do caixa para distribuir?
        Essa parte ficou meio confusa para mim

        • só pq o índice caiu não quer dizer que a empresa teve queda de lucro, vc está confundindo o animo do mercado na cotação com os fundamentos reais da empresa

          se liga no que esse velhinho disse

          se vc está investindo na empresa pelo seu valor, vc precisa de olhar os fundamentos e não o preço, se os fundamentos forem perdidos aí blz, vc vende e vai pra outra, se o preço despencou 90% ou subiu 100% não importa se os fundamentos continuam ali

          qdo falo de crescimento de dividendos estou falando disso, não confunda com DY blz, tb estou falando disso e disso.

          no final a conta não é tão simples quanto vc imagina, a empresa pode recomprar acoes por exemplo, se vc tem um bolo e tem que dividir um pedaço para 10 pessoas e vc compra a parte de 5 delas vc terá uma fatia maior para as outras 5, são muitas variáveis nesse jogo kkkkkk veja q vc não aumentou o payout e tb não necessariamente não distribuiu mais dividendos em $ saindo do seu caixa, mas no final a galera recebeu mais grana do que o ano anterior, isso não é magica kkkkkk

      • E tambem eu refleti sobre uma coisa interessante com relacao a crise..

        A verdade é que na crise tudo vale menos, e como o capital do mundo é constante, então é so aparencias. Hora, qual sentido se as empresas globalmente diminuiram 50% do valor, então o capitalismo ta valendo a metade? Claro que nao, voce tinha 0,0000000001% do valor de mercado da terra e agora voce nao tem metade disso, tem exatamente a mesma coisa.
        Fora que, nao é so o seu investimento que vai alterar, voce vai perder seu emprego, seu filho sua bolsa de estudo, sua casa esta valendo menos etc.. so que isso nao é algo particular, vc nao perdeu 50%, porque todos perderam, é como se fosse uma guerra, um momento dificil para todos, mas é temporario.

        So que há um grande dilema nessa coisa chamada crise, e é muito interessante o raciocinio que eu tive. Digamos que voce esta aposentado vivendo de dividendos, e com a crise seus dividendos diminuiram pela metade (na hipotese de voce nao ser investidor de empresas de crescimento de dividendos) e voce se ve preocupado porque voce, numa metafora, foi ao mercado, e em vez da nota de 10 reais de dividendos, tem apenas 5, por causa da crise, e voce pensa, caramba nao consigo comprar o catchup que custava 10 reais.. mas pera ai, ue, ta tudo em crise e o captchup, vai continuar o mesmo preço? Dilema:

        – Não, vai diminuir, para acompanhar o fluxo de pessoas

        – Sim, vai manter o preço, e mesmo assim a empresa vai manter o lucro constante.

        Digamos que o catchup não é tipo uma marca de fidelidade tipo coca cola dos refrigerantes, que mesmo se tiver uma nova crise de 29 vai ter gente que poderia o preço da grama de ouro por ml de coca (eu n duvido). Ou seja, o objetivo é analizar so o produto em si, tipo uma commodity

        Na hipotese não, apesar de voce ganhar metade de dividendos, nao so o catchup esta custando a metade mas como todos os seus gastos basicamente, ou seja, fica empatado

        Ja na hipotese sim, entao a empresa continuaria vendendo caro pelo mesmo preco com a mesma quantidade de consumidores… Uall, entao o lucro seria o mesmo.. Mas pera ai, quem é investidor dela.. Ahh, o proprio cara da situacao, entao pera ai, os dividendos nao sao 5, mas 10 reais.. mas essa é uma situacao hipotetica, um dilema, um paradoxo na verdade, do tipo voce velho matar voce novo, é impossivel em certos termos.
        Isso seria uma analogia com o rendimento medio das empresas que voce fosse dono, se esta em crise a tendencia é diminuir o lucro, ou seja, voce ganha menos, mas as coisas estao mais baratas, entao wtf.. meio que o mercado é constante, porque se estiver em Bull, voce ganha mais, mas as coisas ficam mais caras, ou seja 0x0, ja no Bear, o contrario, ou seja, 0x0

        E uma coisa interessante é que ter capital de reserva, ouro, hedge ou algo assim, voce estaria “apostando” na tendendia contraria ao mercado, no bear, ja tendo acoes, de setores ate mais afetados pela alta da economia, estaria “apostando” no bull.. aonde eu quero chegar com isso?
        Numa crise, nao é que voce perde capital, voce continua la com tua bilionesima parte do capitalismo, o problema é que o cara que tinha um capital em dinheiro aumentou o mesmo, ja que a “aposta” no bear dele deu certo, e vc nao estaria vendendo pela metade do preco que era antes da crise, acontece é que esse dinheiro na crise vale o dobro, porque se pode comprar o dobro de acoes.. KKKKK ai acabou que ficou meio ciclico e confuso, mas acho que vc entendeu minha teoria

        • isso funciona no mundo das ideias na pratica é bem diferente.

          veja se a sua conta de luz ou seu plano de saude abaixou quando estávamos em crise

          nos somos um blog para quem deseja investir em acoes de crescimento de dividendos, vc quer na sua hipótese usar um exemplo de gente que não investe, ou seja pra que cargas da agua eu vou perder meu sono preocupado com algo que não vai me atingir, por isso que postei dois links de acoes de crescimento porque quero dormir bem a noite.

          • É, realmente, e mais uma teoria no mundo das ideias
            Melhor mesmo investir em boas empresas e nao se preocupar mundo com o fim do mundo
            Importantr é crescer los dividendos

  3. Eu tenho Ambev até hj esperando que ela resolva aumentar o yeld dela hahaha. Empresa excelente mas que não sei até onde pode crescer mais, achava que já poderiam tornar uma pagadora de dividendos, já que se mostrou madura, resiliente e etc

    • ola DfL

      mas a Ambev não é uma empresa de crescimento de dividendos.

      veja que existe uma variação grande na sua distribuição, tem vez que sobe tem vez que desce

      não colocaria a Ambev nesse mesmo balaio das empresas que eu cito nesse artigo porque aqui me refiro a empresa de crescimento de dividendos.

      talvez por isso vc não tenha visto esse movimento neles, porque nunca se propuseram a crescer dividendos.

  4. Viver, aprecio o conteúdo que você gera. Mas gostaria de colocar uma pergunta aqui que está fora do tema desta postagem.
    Tenho interesse em também fazer um blog de investimentos, sobre Buy and Hold. Onde também irei colocar artigos sobre este tema e até mesmo vivências que tive em minha vida de investimentos no âmbito de me torar sócio de empresas que possuem e geram valor e as manter enquanto tiverem valor.
    Minha dúvida é: caso eu registre um domínio no godaddy, o wordpress consegue adotar este domínio? Com este domínio registrado no godaddy, através do wordpress, consigo ter um email com este @dominio registrado?
    Eu tenho mais duvidas sobre o wordpress neste universo de blogs de finanças e investimentos. Caso você possa me passar algum contato mais direto seu para que possamos trocar ideias eu apreciaria!
    Abraço e parabéns pelo trabalho! Inclusive o novo Blog sobre temas do Cristianismo.
    Felipe.

    • ola FT

      rapaz eu não sou a melhor pessoa pra te orientar sobre isso, acho que o Uo manja mais disso, procura ele no twitter ele sempre tá ativo lá, trocamos mensagem direto.

      mas eu acredito que sim daria pra vc fazer, só teria que direcionar o dns do domínio para o WordPress e os dns de mx para um servidor de email, acho que o GoDaddy fornece servidor de e-mail, é pequeno mas tem.

      mas acho que pra blog não precisa de email personalizado, pelo menos não no Start, só direcionando pro wordpress já resolveria

      no entanto, eu não recomendaria fazer pelo wordpress.com e sim instalar uma instancia do wordpress.org no seu servidor, é um pouco mais complexo e complicado de fazer mas vai te dar mais liberdade, porém como vc está começando acho q o wp.com te resolveria mais fácil

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here