Redução da desigualdade demanda novas políticas

Penso que o país teve momentos cruciais ao longo de sua história, por alto podemos levantar quando o país deixou de ser apenas um monte de terra de cultivo e em seguida, teve inicio no regime militar, uma serie de melhorias na infra-estrutura foi quando se construiu boa parte das rodovias, portos, ferrovias e hidrelétricas que temos hoje, depois veio uma desestatitazação do governo na época do FHC que privatizou boa parte do peso gerado pelo regime militar, deixando a malha estatal mais leve e por fim na época do governo Lula onde foco foi diminuir a desigualdade social, fazer a ascensão da classe média.

Fato que o país chegou num ponto crucial onde agora precisa tomar novos rumos, novos desafios, entendo que a palavra do momento deve ser: Produtividade.

Independente de quem for eleito esse deve colocar sua atenção primariamente em políticas e ações para melhorar a produtividade na industria, no comercio, na prestação de serviço, nas escolas, enfim o país precisa de fazer mais com menos para podermos retomar o crescimento.

Veja abaixo um vídeo da entrevista do economista Felipe Salto realizada pelo Estadão