Cotações dólares para IR 2016/2017

17032015151214000000Esse artigo é para aqueles que investem em ações no exterior, se ainda não sabe como investir veja Como abrir conta em corretora nos EUA e Como enviar remessas de dinheiro ao exterior, seria interessante também dar uma olhada no artigo Tudo o que você precisa saber sobre dividendos nos EUA e Como declarar os rendimentos no Carnê Leão.

Para declarar os rendimentos recebidos no exterior é preciso pegar a cotação do dólar americano anunciada oficialmente pelo Banco Central. A cotação a ser utilizada deve ser do ultimo dia útil da primeira quinzena do mês anterior ao do recebimento. Ficou confuso?? Para facilitar o pessoal eu criei a tabela abaixo onde coloquei a cotação a ser utilizada para cada mês, basicamente você pega o mês que você recebeu e olha na tabela a cotação do dólar daquele mês. Vamos a um exemplo:

  • Caiu na minha conta da corretora em janeiro U$ 100,00  de dividendos.
  • Pego a cotação da linha de Janeiro que é R$ 2,33 e multiplico pelo que recebi. Essa cotação de janeiro é da data de 13/12/2013.
  • Informo no carnê-leão ou na declaração anual que recebi R$ 233,00

As cotações abaixo são do ano de 2016 (exercício) e entraram na declaração a ser realizada no ano de 2017 (ano calendário), essas cotações podem ser usadas para declarar apenas os recebimentos no exterior como dividendos e alugueis de imóveis.

Cotação dólar para o Imposto Renda 2017
Mês Cotação U$ Link
Janeiro/2016 R$ 3,87   Ato declaratório
Fevereiro/2016 R$ 4,04 Ato declaratório
Março/2016 R$ 3,99 Ato declaratório
Abril/2016 R$ 3,71 Ato declaratório
Maio/2016 R$ 3,53 Ato declaratório
Junho/2016 R$ 3,50 Ato declaratório
Julho/2016 R$ 3,48 Ato declaratório
Agosto/2016 R$ 3,27   Ato declaratório
Setembro/2016 R$ 3,17 Ato declaratório
Outubro/2016 R$ 3,33  Ato declaratório
Novembro/2016 R$ 3,19  Ato declaratório
  • Esse artigo é atualizado mensalmente, salve esse link para acompanhar as atualizações.

14 thoughts on “Cotações dólares para IR 2016/2017

  • 28 January 2016 at 03:22
    Permalink

    Boa Noite,

    Tenho uma dúvida relacionada ao valor que preciso colocar no Carnê Leão.

    Hoje (27/01) recebi um valor (Paypal) de 250R$ por um pequeno serviço prestado a uma mulher na Irlanda. Apareceu escrito fulano enviou um pagamento no valor de 250 Dilmas, deseja aceitar e converter para 59,38 Obamas ou Deseja aceitar e criar saldo na Moeda dilmas.

    Qual seria o valor que precisaria colocar no carnê leão? Poderia estar colocando esses 250 direitamente?

    Obrigado

    Reply
    • 28 January 2016 at 09:58
      Permalink

      Olá Mendes

      O ideal é vc procurar um profissional da área para lhe auxiliar.

      Reply
      • 28 January 2016 at 17:27
        Permalink

        É que em outro post vc falou sobre quando receber em dolares, converter e usar o último dia da quinzena anterior, pensei que poderia me ajudar… mas enfim, obrigado mesmo assim.

        Reply
        • 28 January 2016 at 17:49
          Permalink

          Se referia a recebimento de proventos no exterior. Não sei como vc faria para essa sua forma se aplicaria aquela regra ou seria outra diferente por isso disse pra procurar um profissional

          Reply
  • 12 January 2016 at 21:30
    Permalink

    Ok, VdD,

    Outras formas sem imposto só conheço por BTC.Se tiver outras formas será muito válido.

    Muito Obrigado.

    Reply
  • 12 January 2016 at 21:07
    Permalink

    VdD,

    Não vi nada dizendo que seria isento swift para conta de terceiros no caso a corretora para investimentos, liguei numa casa de cambio, eles estão
    meio perdido ainda, porém o atendente disse que iria tributar sim no caso informado conta de terceiros para investimentos.

    Enfim caso seja verdade de fato é melhor partir pra BTC.

    Reply
    • 12 January 2016 at 21:22
      Permalink

      fiz uma transferencia esses dias atras via HSBC não me falaram nada

      talvez seja sua corretora de cambio

      mas enfim esse mes vou trazer outras alternativas pro pessoal mandar dinheiro pra fora sem pagar imposto algum.

      só continua acompanhando.

      Reply
  • 12 January 2016 at 19:57
    Permalink

    Olá VD.

    Felizmente aqui no Brasil os dividendos (ainda) não são tributados. As empresas são tributadas apenas na apuração do lucro e na distribuição de JSCP.

    Nos EUA são tributadas na apuração do lucro e o acionista é tributado na distribuição dos dividendos.

    Por isso que alguns investidores preferem optar por empresas que não distribuem dividendos. Sei que é mais arriscado (por serem de crescimento), mas por outro lado estas pessoas estão obtendo uma eficiência fiscal.

    Além disso, vale destacar que a tributação de dividendos para americanos é uma e para estrangeiros é outra. Um americano paga de acordo com a tabela progressiva da sua faixa de renda que, no caso de ser um dividendo qualificado, tem como limite 23,8% se estiver na última faixa. Já um estrangeiro paga os 30%.

    https://en.wikipedia.org/wiki/Dividend_tax

    https://en.wikipedia.org/wiki/Qualified_dividend

    Olhando por este prisma, percebemos que um investidor americano conseguirá maximizar o seu retorno diante de um estrangeiro por conta de conseguir evitar mais tributação.

    Sei que vc é fã de dividendos, mas considerando estas características do mercado americano e que não temos como fugir se queremos diversificar no exterior, eu penso que nessas horas a Berkshire Hathaway demonstra uma característica interessante. Ao não pagar dividendos, um americano consegue fugir da garfada que chega a até 23,8% e um estrangeiro consegue furgir da mordida de 30%. Acredito que no longo prazo e sob os efeitos dos juros compostos, isso faça diferença.

    Abraços

    Reply
    • 12 January 2016 at 21:20
      Permalink

      Vc está se confundindo no brazil existe uma tributação sobre a receita que seria ICMS, IPI etc e outra sobre o lucro que seria o que o investidor paga lá na corretora, ambos pagam o mesmo impostos (percentuais diferentes) porém aqui é na fonte e lá é na outra ponta. O fato é que aqui paga-se só que vc não vê tão claramente como lá.

      Essa sua estrategia é cheia de encalços, estou pra fazer uns artigos sobre isso e sobre ETF, mas a falta de tempo acaba proletando, mas não pensei que o risco / vantagens é apenas os impostos tem muito mais em jogo, mas enfim toda a estratégia é valida se vc se sente confortável em investir em empresas desse tipo, blz siga em frente… eu mesmo tenho parte do capital, por sinal considerável comparado a minha carteira como um todo, investido em empresas que não pagam dividendos, dê uma olhada aqui no blog que vai ver mais sobre isso. Mas isso é um assunto muito extenso não da pra ficarmos debatendo via comentários porque também acaba se perdendo depois.

      Reply
  • 12 January 2016 at 19:56
    Permalink

    Olá VdD,

    Ficou sabendo do novo IR que será cobrado para remessa para o exterior?Pelo que vi será de 25%. Se eu entendi corretamente vai inviabilizar toda operação que podemos vir a fazer para a conta da corretora.

    Reply
  • 12 January 2016 at 16:37
    Permalink

    Olá,

    Eu li o artigo e ainda várias vezes.

    Na verdade não tinha ficado 100% claro se tinha aplicação para investimentos ou não, pois no final o texto cita quais são as exceções e esta não se encontrava.

    Em outros blogs que acompanho, como o do Corey, ele tb tinha levantado esta mesma questão.

    Eu gosto bastante da ideia de investir lá fora, está nos meus planos. Mas p/ ir adiante pra mim precisa ser algo viável. Caso o governo decida taxar a remessa, além de já taxar os dividendos, pessoalmente já começo a achar confiscatório.

    Mas, enfim, não se aplicando aos investimentos continua sendo interessante diversificar internacionalmente.

    abraços e boa semana

    Reply
    • 12 January 2016 at 16:46
      Permalink

      entendi.

      então os dividendos aqui no Brazil também são tributados, não faria sentido investir aqui também.

      mas enfim se vc não se sente confortável com isso

      só ficar atendo que o risco de se investir em empresas que não pagam dividendos, de crescimento, é muito maior, tem que saber muito bem o que está fazendo senão pode se complicar.

      Reply
    • 12 January 2016 at 15:32
      Permalink

      Olá Carlos

      Conforme está escrito no próprio artigo que acredito que você tenha lido o conteúdo e não apenas o título sensacionalista a tributação é para manutenção de residentes no exterior como gastos com educação. Agora te pergunto: o que isso influencia a nos investidores a ponto de não valer a pena investir lá fora ?

      Reply

Deixe o seu comentário: