NYSE: Compras Agosto 2015 – VISA – MANH

prague novy smichov shopping center in pragueHavia prometido pra mim mesmo que não iria aportar no mercado americano, mas eu sabia que seria impossível. Minha mulher gosta de ir para o shopping fazer compras, ela fica andando de um lado para o outro, até que entra numa loja de sapato ou roupa e começa a experimentar uma serie de produtos, para depois comprar. Ela sente prazer em fazer isso.

Falo com ela que também sinto prazer em ir ao shopping comprar, mas não no mesmo shopping que ela, o shopping que gosto chama-se: bolsa de valores. Fico contando nos dedos o momento do mês virar, só pra poder ter a oportunidade de comprar mais uma empresa. Se você também é assim, bem vindo ao clube dos viciados.

As vezes pego algumas promoções arrasadoras, outras vezes o produto me agrada tanto que acabo comprando, mesmo estando um pouco caro. Uma coisa é fato se existe uma “bolsa shopping” a bolsa de NYSE seria o maior shopping do mundo.

Compra realizada em 7 de agosto.

Compra de Agosto de 2015
Empresa Código Qtde
Visa Inc V 19
Manhattan Associates Inc  MANH  22

Já atualizei a minha carteira com essa nova aquisição.

Visa Inc

Eu não gosto muito de fazer aportes pela empresa que está mais atras na carteira, essa estratégia acaba favorecendo empresas que tiveram um resultado ruim, ou seja, as boas empresas são penalizadas e os aportes acabam indo para aquelas empresas que tiveram em tese o pior resultado, haja visto que os preços tendem a seguir os lucros.

Minha estratégia de aportes é utilizando o Fluxo de Caixa Descontado (DCF), calculo de acordo com o lucro da empresa o quanto ela estaria valendo  e vejo o preço atual, aquelas que oferecerem o melhor preço eu direciono o aporte. No modelo antigo eu custaria a comprar novamente uma empresa como a Visa que tem uma rentabilidade boa, atualmente o ganho dela na minha carteira está na casa de 22%, não é um resultado ruim se levar em conta que a ação a 2 meses atras completava 1 ano na minha mão, da aí de grosso modo 1,6% ao mês de retorno fora os dividendos.

ganho v

Como utilizo o DCF para aportes e de acordo com o ultimo do resultado 3T15 que havia saído no final de julho a Visa apresentou um lucro de US$ 0,69 por ação ou US$ 1,7 bilhões no total, mas aí tem um não recorrente negativo por conta de uma reconciliação com a Visa Europe,  ou seja o lucro recorrente bateu na casa de US$ 1,8 bilhão ou US$ 0,74 por ação isso daria um crescimento de absurdos 37% no lucro comparado ao ano passado.

visa usa

A minha expectativa era um crescimento como já havia comentado antes neste post, quando falei da entrada da Visa na China que até então era um mercado fechado e sobre a parceria que ela havia firmado com a Apple no Apple Pay, mas não esperava que as receitas e lucros iriam crescer acima das expectativas da comunidade e dos analistas, as receitas nesse ultimo tri foram de US$ 3,5 bilhões ou +12%

Seguindo minha estratégia de aportes de DCF a Visa me daria um valor justo de US$ 103,76 dólares, quando realizei essa compra estava cotada próximo de US$ 75,34 o que considerando esse ultimo balanço me deu uma margem de segurança de +27,39 % ela está a 28 dólares abaixo do seu valor justo.

Manhattan Associaties Inc

Meu foco principal nos investimentos é no longo prazo, mas no inicio do ano resolvi montar uma carteira de Trade de Valor. Para aqueles que não sabem o que é isso, de forma bem simplista seria como fazer uma operação de trade só que ao invés de focar no gráfico, foca-se nos fundamentos da empresa.

Continuei realizando os aportes na Manhattan, que assim como a Visa foi outra empresa que apresentou grandes resultados nesse ultimo trimestre. Havia feito uma estimativa para o lucro por ação da MANH de US$ 0,35 os analistas estimavam US$ 0,33 só que mais uma vez ela conseguiu superar as expectativas do mercado reportando um lucro por ação de US$ 0,37 ou seja um crescimento de 28% comparado com ano passado e uma receita de 139 milhões ou +14% ano a ano.

Calculando o valor justo de MANH com esse ultimo resultado cheguei no preço de US$ 98,02 o que daria com a cotação do dia uma margem de 33%. Com isso me motivou a fazer novos apores e seguir na minha estratégia de Trade de Valor.

Abaixo é possível conferir o resultado até o momento, já considerando essa última compra:

Trade de Valor: Manhattan Associates Inc - MANH
DATA QTDE PREÇO COMPRA GANHO US$ GANHO R$ GANHO % US$ GANHO % CAMBIAL
09/02/2015 73 48,99 1.292,10 4.483,59 36,13 48,03
09/03/2015 66 49,90 1.108,14 3.845,25 33,65 41,11
27/04/2015 33 54,55 400,62 1.390,15 22,25 24,06
11/05/2015 39 53,09 530,40 1.840,49 25,62 29,63
13/07/2017 38 61,32 204,06 708,09 8,76 9,74
07/08/2015 22 63,67 66,44 230,55 4,74 4,56
         
         
TOTAL 271 53,40 3.601,76 12.498,11 24,89 29,06

Receber novidades por e-mail

Gostou do blog? Então se inscreva no campo abaixo para receber as atualizações via e-mail e curta nossa pagina no Facebook.

13 thoughts on “NYSE: Compras Agosto 2015 – VISA – MANH

  • 21 August 2015 at 16:25
    Permalink

    Bom dia VD, boas compras!
    Complementando um assunto já abordado aqui no Blog, em termos de declaração de Imposto de Renda, tenho uma dúvida. Quando você faz uma compra subseqüente como você irá colocar isto na declaração? Vai fazer o preço médio das compras ao câmbio médio ponderado pelas quantidades dos dias das compras?
    Muito obrigado!

    Reply
    • 21 August 2015 at 19:11
      Permalink

      Você faz o preço médio em dólar não converte depois quando vender aí sim vc declara o dólar do momento da venda, dê uma lida nesse artigo que vai te esclarecer melhor.

      Reply
      • 21 August 2015 at 19:29
        Permalink

        A apuração do imposto a pagar sim… Já paguei DARF’s dessa forma com sua ajuda em outros artigos…
        Mas na declaração de IR final do ano tenho que informar todos os valores em Reais… Como fazer neste caso, preço médio ponderado em dólar com câmbio médio ponderado dos dias das aquisição? Muito obrigado!

        Reply
        • 21 August 2015 at 19:39
          Permalink

          Olá Renan

          se estiver se referindo a declarar o ganho de capital na anual vc não vai preencher nada, vc vai importar lá no botam que tem para importar as declarações feitas no programa de GCME.

          não sei bem se era isso ou se vc estava se referindo a parte de Bens e Direito, mas qualquer coisa posta aí novamente se ainda tiver dúvidas.

          Reply
          • 21 August 2015 at 19:48
            Permalink

            Olá VD, obrigado.
            Isto, a pergunta se referia a bens e direitos… me expressei mal antes.
            Se fiz uma única compra coloco em bens e direitos a descrição e o valor em reais com o dólar do dia da compra do ativo… correto?
            E no caso de várias compras em vários dias diferentes com câmbios diferentes como faço?
            Esse governo complica nossa vida…

          • 22 August 2015 at 03:16
            Permalink

            olá Renan

            o correto é utilizar o valor de cotação do contrato de cambio, mas sinceramente nem eu faço isso porque é muito trabalho.

            o que tenho feito é pegar o dólar do dia que comprei, converto e depois faço o preço médio em real de acordo com o dólar da data da compra, só lembrando que na aba de Bens e Direitos não pode rolar atualização cambial, não importa o quanto estiver valendo o dólar hoje vc não atualiza no ano seguinte.

            não sei se fui bem claro, mas da uma lida nesse artigo que tem muita informação a respeito.

            qualquer dúvida posta aí.

  • 21 August 2015 at 03:21
    Permalink

    Hahaha, cara.. entrei pra essa vida de começar a investir agora tb e to na msm de querer ver mes virar pra poder comprar algo. Mas é isso aí, uns gostam de gastar e outros de ganhar!
    Bons dividendos pra vc brother

    Reply
    • 21 August 2015 at 05:53
      Permalink

      olá dividendosforlife

      se existisse vicio bom, esse poderia ser colocado nessa categoria.

      que possamos a cada mês fazer mais compras

      valeu e sucesso nos investimentos.

      Reply
  • 20 August 2015 at 07:17
    Permalink

    Olá Viver de Dividendos,

    Eu também sou viciado em novas compras e não vejo a hora de cair o próximo salário.. rss..

    Parabéns pelos aportes.

    Queria tirar 2 dúvidas com vc.

    1) Vi que vc possui Ambev. Já que investe no exterior, vc não acho mais interessante comprar ações da AB InBev ?

    2) Outra dúvida, vc nunca pensou em comprar REITs no mercado americano ?

    Um abraço

    Reply
    • 20 August 2015 at 17:06
      Permalink

      Olá Carlos

      1 – não faz muita diferença ter aqui ou lá, exceto q vc recebe os proventos em dólar, mas estou querendo deixar parte do meu capital em real visto que sou residente brasileiro.

      2 – estou estudando um pouco mais a fundo os REITs, como funciona suas tributações, estrutura etc mas hoje atualmente existe uma grande vantagem dos FIIs para o REITs q os FIIs são isentos de impostos e os REITs vc teria que pagar IR aqui no Brasil.

      Mas certamente devo adicionar alguns REITs na minha carteira, mas estou finalizando uma serie de artigos que estou fazendo sobre medição de eficiência numa empresa para depois preparar artigos sobre os REITs. Só acompanhar que em breve deve rolar alguns artigos do gênero aqui no blog.

      Reply
      • 20 August 2015 at 19:19
        Permalink

        Obrigado pela resposta VD,

        Eu tinha comentado pela AB InBev, pois sendo acionista da Ambev vc possui uma cervejaria que atende à América do Sul, América Central e Canadá. Já sendo acionista da matriz, vc consegue ter alcance a uma cobertura mundial de consumidores. Em termos de diversificação, eu acho muito melhor ser sócio da matriz do que da “filial”. Pense nisso ;-)

        Já em relação aos REITs, eu também não tenho muita informação. Eu acreditava que a tributação deles ocorria da mesma forma que com os dividendos de empresas americanas. Nem sei se é diferente.

        Sobre os FIIs serem isentos no Brasil, eu acho pouco provável que isso continue no longo prazo. O governo está sempre pensando em como aumentar a tributação.

        Reply
        • 20 August 2015 at 19:36
          Permalink

          Acho q vc confundiu a ADR negociada na bolsa da AMBEV é justamente as operações das Americas (exceto USA) a INBEV q vc se refere como sendo a mãe da AMBEV é outro código procure por BUD que é Anheuser-Busch Inbev SA aí é outra empresa com outros fundamentos totalmente diferente da ABEV (código da ADR da AMBEV na bolsa de NYSE)

          Se comprar pura e simplesmente o ADR da Ambev estará comprando nada mais nada menos que a mesma empresa negociada aqui no IBOVESPA.

          Reply
          • 20 August 2015 at 21:19
            Permalink

            Sim, na verdade não me referia a ADR e sim a Anheuser-Busch Inbev SA que vc citou.

Deixe o seu comentário: