Meu negócio #1: Como funciona o mercado de Desenvolvimento de Software

Nesse vídeo mostro como funciona o mercado de desenvolvimento de software se você sempre quis saber quanto custa pra desenvolver um software, quanto que os profissionais da área ganham e os pontos positivos e negativos de se trabalhar nessa área de TI.

Falo sobre a concorrência nesse mercado, ainda falo sobre a Totvs e a Linx onde apresento algumas perspectivas de mercado de ambas empresas e como enfrentei concorrência com ambas.

Siga-me no Instagram para obter atualizações pessoais: @viverdedividendos

instagram

Falo sobre tudo isso e muito mais… Confira no vídeo abaixo:

Receber novidades por e-mail

Gostou do blog? Então se inscreva no campo abaixo para receber as atualizações via e-mail e curta nossa pagina no Facebook.

16 thoughts on “Meu negócio #1: Como funciona o mercado de Desenvolvimento de Software

  • 16 September 2016 at 23:17
    Permalink

    Olá Viver de Dividendos,

    Me senti um completo trouxa depois de ouvir sobre salários de estagiários. R$ 5k é exatamente o que recebo (líquido) pela empresa que trabalho (concursado em uma empresa de energia elétrica), após dez anos e algumas certificações em Business Intelligence e Data Warehouse…

    Me senti um trouxa :'(

    Mas seu vídeo foi ótimo! Há muitos detalhes em seu vídeo que eu não conhecia. E minha sensação é igual à sua quando penso em fazer algum software por conta própria: “Que garantias eu terei?” e “Não é tão simples assim”.

    Grande abraço e sucesso na Alemanha!

    Reply
    • 17 September 2016 at 09:14
      Permalink

      Olá Eduardo

      Eu costumo falar aqui no blog que não devemos nos comparar com outras pessoas, que devemos nos comparar apenas conosco. Se você tem um desempenho melhor que o seu Eu do ano passado ou se você tem uma renda melhor do que antes. No final é isso que importa. Dane-se a renda dos estagiários da Apple ou da Nasa se preocupe em melhorar seus pontos negativos e resto vira com o tempo.

      No mais valeu pela força.

      Reply
  • 7 September 2016 at 17:48
    Permalink

    Obrigado pela menção no vídeo! Que bom que minha dúvida o motivou a fazê-lo. Espero de qq forma não ter parecido que menosprezei essa nobre profissão de vocês da TI. Na minha cabeça não era algo tão trivial, mas jamais imaginei um investimento de 800k pra uma programação sem “garantias”de retorno (mesmo sabendo que nada é garantido).

    Inclusive na atual conjuntura me bate uma “inveja branca” de uma profissão que exige pouca regulamentação e sofre poucas… sou médico, e como foi falado no vídeo, o processo de revalidação médica para países sérios é caro, extenso e incerto. Só aqui no bananal é que um paramédico com formação em Cuba pode exercer medicina sem revalidação. Infelizmente não tenho todo o desprendimento que você está tendo para se mudar de país… por isso o parabenizo.

    Reply
    • 8 September 2016 at 01:22
      Permalink

      Olá Marcus

      eu entendi o que vc quis dizer antes, fica tranquilo rsrsrs

      a intenção do video foi mesmo pra apresentar como funciona o mercado de desenvolvimento de software, porque para muitos é uma caixinha de surpresa, a ideia foi apresentar mais em duas linhas uma para aquela galera que já está no meio da Game e quer saber como funciona um determinado mercado e a outra foi para aqueles que estão entrando agora no Game of Thrones e querem se decidir pra que lado ir, talvez o vídeo possa dar alguma ideia e facilite pra esses que estão começando uma profissão montar um bom deadline e seguir

      sobre esse lance das regulamentações é muito complicado, principalmente na área medica que muitas vezes mexe com vidas, é fundamental ter uma regulamentação. Por isso é importante essa galera nova tentar elaborar todos os possíveis cenários futuros quando estão escolhendo uma profissão, claro que primeiro passo é buscar algo que a pessoa goste de fazer, depois e entender o estilo de vida que a pessoa quer levar e por fim traçar perspectives sobre economia e mercado de trabalhos futuro dentro da profissão escolhida

      te dar um exemplo de um conhecido que estava aplicando para o visto de imigração no Canada junto comigo, ele funcionário de uma multinacional iria pedir demissão e ir pro canada pra trabalhar lá numa parte de gerencia de projeto, tinha 3 filhos e a esposa que era medica já atuante aqui no Brasil, moral da história a esposa não vai poder fazer nada até se especializar lá, aquele diploma aqui não lhe garantia uma oportunidade de trabalho lá fora, agora imagina se passado uns 10 anos ela faz a especialização e eles resolvem se mudar pra Inglaterra, pronto novamente tudo perdido… então é uma área muito boa, mas quanto mais regulação tiver mais preso você vai ficar num determinado país

      Reply
  • 31 August 2016 at 10:51
    Permalink

    VD, alguém que tem energia de sobra, sempre pede por mais serviços e não tem o suficiente dentro da sua energia/animação/capacidade como empregado e desenvolvedor. Para canalizar isso de forma empreendedora no desenvolvimento de software teria que achar um cliente antes ou sair desenvolvendo coisas “aleatórias” e tentar vender depois?

    Reply
    • 31 August 2016 at 23:49
      Permalink

      o ideal é primeiro conseguir um cliente ele será sua vitrine você precisa de atende-lo muito bem e ainda vai cobrar muito pouco foi assim com meus 10 primeiros clientes, depois esses caras vão gostar tanto do seu atendimento que vai lhe indicar pros amigos que também são outros lojistas e depois de alguns anos tu vai ter lá na carteira uns 200 ou 300 clientes

      agora tem que trabalhar duro, por muito tempo vai ficar pensando isso não dá em nada aí vc tem que arrumar força pra persistir.

      Reply
  • 18 August 2016 at 11:25
    Permalink

    Viver de Dividendos, mais um excelente post, como tantos outros. Recentemente comecei a ler sobre equity crowfunding. Como você é empreendedor, descolado e conhece os gringos, já ouviu dessa modalidade de investimento? O que você acha disso? Vi que muito funding é voltado para a área de T.I. Estou lendo no site http://www.broota.com.br, mas no geral, o que você acha de “investidor anjo”? Abs Luciano

    Reply
    • 18 August 2016 at 12:19
      Permalink

      Valeu Luciano.

      Sobre investidor externo eu acho que se vc num perder o controle da empresa é muito bom, você recebe injeção de capital passa a ter acesso a sua rede de contatos, mas vc tb acaba tendo uma baita pressão gigante por resultado tem que levar tudo em consideração.

      Reply
  • 17 August 2016 at 21:12
    Permalink

    Boas,

    Muito bom Viver, gostei muito da sua explicação sobre esse mercado que não entendo nada.

    Muita grana investida em um “simples” joguinho de criança, como chamam né!!!

    Reply
    • 18 August 2016 at 00:00
      Permalink

      Olá IM

      Esse mercado de games é bem lucrativo, apesar da grana ser alta onde vc acha algo que vc investe 32 milhões e tira depois 1,3 bilhão é um baita retorno. O detalhe é ter os 32 pra colocar na roda kkk

      Reply
    • 17 August 2016 at 23:56
      Permalink

      Olá m1m

      A empresa já tinha uma geração de caixa eu reinvisto boa parte dos lucros na empresa, nenhum investimento vai lhe dar mais retorno que o seu próprio negócio.

      Por isso acho importante buscar um equilíbrio entre reinvestir e retirar lucros. Assim você consegue manter a empresa sempre crescendo e gerando mais caixa é claro com o tempo como consequências vc vai sempre aumentando as retiradas de lucro com isso também.

      Por exemplo em todos os anos da minha empresa que deve ter uns 10 anos mas comecei a contabilizar isso a uns 5 anos desse tempo até hoje todo tri a receita é maior que o tri anterior, isso é reflexo dos investimentos que se feitos da maneira correta geram sempre bons retornos.

      Reply
      • 18 August 2016 at 19:54
        Permalink

        Boas,

        Muito bom vc reinvestir na sua empresa. Será que um dia vc vai abrir o capital dela na bolsa?

        oO?

        Reply
        • 18 August 2016 at 23:40
          Permalink

          Olá IM

          Kkkk acho que nem vivendo duas vidas consigo abrir capital

          Reply
  • 17 August 2016 at 15:35
    Permalink

    Cara gostei do vídeo. Bem explicativo. Realmente quem não participa ativamente desse mundo acha que é bem simples fazer um 1 bilhão com software. Eu acho que o principal desafio nesse meio é a fidelização do cliente. Eu mesmo já inventei de entrar no mercado de petshop oferecendo um software web (sistema + aplicativo), mas os caras não largavam do software antigo… Enfim… Acabei partindo pra outros nichos…

    Reply
    • 17 August 2016 at 15:45
      Permalink

      Olá Ronaldo

      A barreira pra entrada de concorrentes é muito complicada por isso vou falar bem especificamente sobre isso na sexta. Existe algumas formas de se contornar esse problemas.

      Reply

Deixe o seu comentário: